Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVA ATRAÇÃO

Ivete Sangalo dá banho de pipoca na Globo com axé de Mara, Xuxa e Faustão

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

A cantora Ivete Sangalo sentada em uma poltrona segura um microfone com a mão direita no palco do Pipoca da Ivete

Ivete Sangalo na coletiva de imprensa do Pipoca da Ivete na tarde de terça (5) no Rio

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 6/7/2022 - 6h40

Ivete Sangalo assegura que o Pipoca da Ivete, que estreia no próximo dia 24, não ficou pronto tão rápido quanto colocar milho para estourar no micro-ondas. A cantora avalia que a atração dominical foi feita em fogo baixo ao longo de sua carreira, a partir de uma série de bons encontros --por exemplo, os com Mara Maravilha, Xuxa Meneghel e Fausto Silva.

A artista fez questão de fazer reverência aos colegas de profissão nas gravações acompanhadas pelo Notícias da TV, nesta terça (5), nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. "O Pipoca é um mapa da minha vida. Ele reúne as facetas que adquiri ao longo da carreira, as lições que aprendi com as pessoas e as coisas que não eram sonhos antigos, mas que se tornaram", explica.

Ela lembrou que foi recebida aos sete anos por Mara Maravilha em um de seus programas no SBT; posteriormente teve a chance de assumir o Planeta Xuxa (1997-2002), durante a licença-maternidade da mãe de Sasha Meneghel; e ainda lembrou que Fausto Silva sempre lhe disse para ter atração só sua a cada visita ao Domingão do Faustão (1989-2021).

Ivete brinca que a preparação para assumir o Pipoca foi bastante parecida com a para ficar cinco horas ou mais em cima de um trio elétrico no Carnaval de Salvador:

Guardadas as devidas proporções, sem dúvidas. Eu e o Creso Eduardo Macedo [diretor do programa] falamos muito sobre o meu encontro particular com o programa. Criei um condicionamento emocional para essa nova jornada a partir das conversas que tivemos. Isso foi fundamental. Eu só não precisei fazer isometria. Nada de prancha e esses exercícios (risos).

Fuleiragem das boas

Ivete ainda considera que o Pipoca tem uma ligação direta com o Estação Globo (2004-2009), que ela assumiu a última temporada:

"É a mesma fuleiragem (risos). Eu sou uma pessoa fuleira no sentido mais positivo, de ser desencanada. Responsável, mas muito despreocupada. Em meio ao caos, eu vou sempre dentro de mim achar a própria saída. Eu percebo que, desde daquela época, trago um pouco disso. Óbvio que, hoje, eu tenho mais experiência e maturidade."

A ideia central do programa é permitir que Ivete se sinta confortável, divertindo-se no palco com os números musicais, nos games ou em esquetes que recriará grandes momentos da teledramaturgia.

"Eu me acho a melhor atriz do Brasil. Queria até que fosse mais presente na minha vida. Quando vejo colegas fazendo [alguma produção], fico eufórica. Aqui nós vamos produzir pílulas de interpretação, é um desejo meu. Estou esperando convites. Até que eles aconteçam, vou entubando", arremata a musicista.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.