Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

FESTA DA FIRMA

Isso a Globo não mostra: O que rolou nos bastidores do Melhores do Ano

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Juliana Paes segurando uma estatueta, sorri enquanto fala no microfone estendido por Fausto Silva, de costas

Ao lado de Fausto Silva, Juliana Paes vence o Melhores do Ano: alma lavada e desabafo nos bastidores

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

Publicado em 16/12/2019 - 5h21
Atualizado em 16/12/2019 - 5h22

Em clima de "festa da firma", o Melhores do Ano entregou os seus troféus no domingo (15) para os destaques da temporada. Os da Globo, obviamente. Muito além do choro e dos agradecimento na cerimônia transmitida dos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, os artistas se soltaram nos bastidores. Com a estatueta em mãos, eles não fugiram de polêmicas e revelaram até simpatia para voltar a ser indicado no próximo ano.

A noite, claro, foi de Juliana Paes. Depois de bater na trave duas vezes, a atriz chegou de alma lavada com o seu primeiro prêmio, o de Melhor Atriz de Novela, à sala de imprensa. Por trás das câmeras, ela reconheceu que a vitória realmente tem um gosto especial.

"Quando você ganha, sem querer fazer um trocadilho, é a cereja do bolo. Minha sensação, se eu puder resumir, é gratidão", disse a intérprete da Maria da Paz em A Dona do Pedaço.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz chorou ao receber a estatueta no Domingão do Faustão: prêmio é "cereja do bolo" 

A atriz confidenciou que, antes de sair de casa, foi pega de surpresa com um discurso do companheiro, o empresário Carlos Eduardo Baptista. "Hoje ele falou que não importa voltar para casa com a estátua ou não, mas o que vale é a repercussão e o sucesso que essa personagem teve", relembra Juliana, segurando a emoção.

Dessa vez, entretanto, ela voltou com a escultura debaixo do braço para mostrar aos filhos Pedro e Antônio, de 9 e 6 anos. "A última coisa que pedi foi para o meu marido deixar eles acordados para assistir", revela.

Ela afirmou que não se sentiu tirando um peso das costas após finalmente ganhar depois de ter sido indicada anteriormente pelos seus trabalhos em Caminho das Índias (2008) e A Força do Querer (2017). "É mais como receber um presente. Eu sempre me senti muito grata por todas as minhas personagens, porque todas me trouxeram até aqui", pondera.

Juliana ainda lamentou que as pessoas tenham criado uma rixa entre ela e Paolla Oliveira, pela atriz tê-la desbancado na premiação de Melhor Atriz em 2018. Em sua opinião, são águas passadas. "De alguma maneira, as pessoas aprenderam que essas competições não são coisas pequenas. Pode ser legal para quem vê, mas é desconfortável para quem está ali", arremata a artista.

ESTEVAM AVILLAR/TV GLOBo

Dani Calabresa com o Troféu Domingão de Melhor Comediante: simpatia para ser indicada


Soro da Verdade

A estatueta também acabou adoçando alguns dos outros vencedores, que se permitiram se soltar um pouco mais nos bastidores. Dani Calabresa, por exemplo, causou ao revelar que já tem destino certo para sua estatueta de Melhor Comediante. "Vou passar a virada de ano sem calcinha e pular as sete ondas segurando esse troféu, que é para ser indicada o ano que vem", dispara ela.

A atriz ainda voltou reivindicar que o troféu seja entregue em separado para homens e mulheres. "Foi uma ideia do Welder Rodrigues. Temos muitas humoristas boas, não precisar estar todo mundo misturado. Acho que devia ter [essa separação]", pontua.

Depois de evitar por diversas vezes comentar sobre os rumores de que tinha engatado um romance com Mayara Araújo, sua parceira na Dança dos Famosos, Kaysar resolveu colocar um ponto final da história. "Minha relação com ela é profissional. Não temos nada, só trabalho. Somos apenas aluno e professora", emenda o ganhador de Ator Revelação.

ESTEVAM AVILLAR/TV GLOBO

Kaysar Dadour com a estátua de Ator Revelação: sírio desmentiu romance com Mayara Araújo

Eleita pelos telespectadores como melhor jornalista da emissora, Maju Coutinho não pensou duas vezes ao revelar que é pão-dura assumida, especialmente com seu guarda-roupa. 

"Confesso mesmo, daquelas que compra o necessário e quando falam em desconto aí eu vou atrás", assumiu ela, aos risos. 

O mais animado foi Júlio Andrade, que dançou com o prêmio, fez poses e beijou a estatueta. O artista chegou a imitar Roberto Carlos ao conversar com os jornalistas. "São tantas emoções, bicho. Não esperava ganhar", disse o intérprete, que desbancou Antonio Calloni e Rodrigo Lombardi como Ator de Série.

Ele ainda permaneceu ao lado da imprensa à espera do resultado da categoria de Melhor Atriz de Série. Júlio lamentou que Marjorie Estiano, sua colega de elenco no seriado médico, acabou não levantando o troféu. "Acho que vou ter que dar o meu para ela", brinca o marido de Elen Cunha.

A vencedora na categoria foi Adriana Esteves, pela atuação em Assédio, mas ela não compareceu. A atriz completou 50 anos neste domingo e preferiu passar a data ao lado da família.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?