Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ALÉM DE DANOS À IMAGEM

Fotógrafo processa Sonia Abrão por fake news e exige 10 minutos de desculpas

REPRODUÇÃO/REDETV!

Montagem de fotos com Sonia Abrão e Felipeh Campos no programa A Tarde É Sua, da RedeTV!

Sonia Abrão e Felipeh Campos no programa A Tarde É Sua; fotógrafo reclama que é vítima de fake news

VINÍCIUS ANDRADE

Publicado em 21/5/2020 - 5h30
Atualizado em 21/5/2020 - 5h31

O fotógrafo Antonio Carlos Rodrigues Gil protocolou uma ação no Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro na última segunda-feira (18) contra a RedeTV! e a jornalista Sonia Abrão, que comanda o programa A Tarde É Sua. O profissional afirma que foi alvo de uma fake news em abril e exige uma indenização de R$ 41,8 mil por danos à imagem. Também requer um pedido formal de desculpa durante dez minutos do vespertino.

No processo, os advogados de Gil Rodrigues explicam que o fotógrafo foi apontado na atração da RedeTV! como o responsável por perseguir e cobrar explicações do jornalista Marcelo Cosme, da GloboNews, que estava furando a quarentena para praticar atividades físicas no Rio de Janeiro, em abril.

O nome de Rodrigues foi mencionado nas edições de 7 e 8 de abril do A Tarde É Sua. "O Gil Rodrigues, que foi o paparazzo que fez essas imagens, já estava perseguindo o Marcelo há dois dias. Estava indo atrás e querendo fazer esse flagra, ok. Eu acho que é o trabalho do nosso colega, mas é a pior forma de fazer", falou Felipeh Campos no programa do dia 8.

"Acho que o Marcelo Cosme está errado, mas também acho que nada justifica a agressividade com a qual ele foi recebido na rua. Uma coisa é você usar o seu celular para denunciar uma atitude ou alertar a comunidade como um todo, outra é você vir com essa agressividade injustificável. Achei pesado", opinou Léo Aquilla.

"Aí não pode, não gosto disso. Nós chegamos a discutir isso aqui ontem", complementou Sonia Abrão, fazendo menção ao A Tarde É Sua do dia 7, quando Gil Rodrigues também havia sido creditado como autor do vídeo.

No entanto, quem fez a gravação e hostilizou Marcelo Cosme foi um homem identificado como Alexandre Monteiro, conforme veículos como Notícias da TV, Folha de S.Paulo, UOL e O Dia publicaram na ocasião. Na ação, a defesa de Gil Rodrigues diz que o fato de ele ter sido associado com a pessoa que xingou o jornalista da GloboNews de "lacrador de merda" e "hipócrita" lhe causou problemas.

"Na data do fato, Gil Rodrigues encontrava-se em isolamento, por apresentar sintomas compatíveis de Covid-19. Debilitado e angustiado, se viu obrigado a suportar pelas semanas seguintes um verdadeiro linchamento moral realizado por telefone e redes sociais, em decorrência da notícia exibida nos programas do dia 7 e 8 de abril", dizem os advogados no processo.

"Durante este período, lhe foram desferidas palavras de menosprezo e ofensas", argumentou a defesa, que anexou uma sequência de dez comentários de internautas contra o fotógrafo. Um deles dizia que a pessoa que fez o vídeo "deveria ganhar um soco bem forte na cara".

"Com a repercussão negativa, a AgNews, agência para qual o fotógrafo produz alguns trabalhos, fez contato com a emissora pedindo a correção. Somente em 10 de abril, ao final do A Tarde É Sua, o assessor de Sonia [Felipeh Campos], fez uma errata, que durou poucos segundos, apenas informando que o autor do vídeo em questão não era o repórter fotográfico Gil Rodrigues", explicou a defesa.

"Eu tenho uma errata sobre a questão do paparazzo Gil Rodrigues, da AgNews. Na verdade, aquele vídeo que passa o Marcelo Cosme correndo na orla do Rio de Janeiro, me passaram a informação que seria o Gil Rodrigues, nosso colega paparazzo que poderia estar fazendo alguns trabalhos pra AgNews. Na verdade, não é o Gil Rodrigues", corrigiu Felipeh.

"Realmente a própria AgNews se pronunciou falando que já faz algum tempo que ele não faz trabalhos com eles também. Na verdade, é um civil, comum, não é paparazzo e também não é o Gil Rodrigues", informou o comentarista do A Tarde É Sua.

"Então tá certo, devidamente esclarecida essa história", complementou Sonia. Assista abaixo:

Dez minutos de desculpas no ar

Insatisfeito com o espaço dedicado à errata e, segundo ele, ignorado pela RedeTV! em um pedido extrajudicial de direito de resposta enviado em 24 de abril, Rodrigues optou por entrar com a ação judicial. A defesa entende que o nome do fotógrafo foi usado para fins comerciais, por isso pede a indenização por dano à imagem.

"Certamente, o autor do vídeo, sendo um anônimo, desconhecido, não despertaria o interesse do público. Não teria sido julgado ao vivo e certamente não teria o segundo dia de programa. Percebe-se aqui que a imagem de Gil Rodrigues foi utilizada para fins comerciais, auferindo lucro ao divulgador, e causando-lhe um efetivo prejuízo com a exposição de seu nome profissional", argumentam os advogados.

Eles também querem que os vídeos dos programas de 7 e 8 de abril sejam retirados do canal da RedeTV! no Youtube, além da concessão de um espaço de "pedido formal de desculpas, com o mesmo tempo do programa original, na ordem de dez minutos".

A ação foi protocolada no último dia 18. Procuradas, a RedeTV! e a Câmera 5, produtora responsável pelo A Tarde É Sua, informaram que ainda não foram notificadas, portanto desconhecem o processo.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você acha que a Globo deu um tiro no pé em reprisar uma novela tão recente como A Força do Querer?