Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Shark Tank Brasil

Empresário supera história de vida triste e leva realidade virtual à TV paga

Divulgação/Sony

Os empreendedores Raquel e Roosevelt Feitosa no episódio desta sexta (5) de Shark Tank Brasil - Divulgação/Sony

Os empreendedores Raquel e Roosevelt Feitosa no episódio desta sexta (5) de Shark Tank Brasil

REDAÇÃO

Publicado em 5/10/2018 - 5h29

O empresário Roosevelt Feitosa emociona os jurados no episódio desta sexta (5) de Shark Tank Brasil. Ele criou uma empresa que fornece software de realidade virtual e curso para que psicólogos e terapeutas usem o recurso nos tratamentos de seus pacientes. Ao contar os motivos que o levaram a criar a empresa, o participante do reality do Canal Sony cai no choro.

"Trabalhei durante 17 anos no mercado de TI [Tecnologia da Informação] e, em três anos e meio, viajei 1.500 trechos. Minha esposa engravidou de gêmeas e, com cinco meses de gestação, ela perdeu os bebês. Eu estava viajando e não conseguia estar em casa. Desse dia em diante eu decidi que não era isso o que eu queria de propósito de vida", revela.

"Foi aí que eu descobri o coach, a neurolinguística e principalmente a hipnose e descobri a oportunidade [de usar essas técnicas] para incrementar o processo [de terapia e psicologia]. Comecei a fazer isso pra trabalhar a dois quarteirões da minha casa e dormir com as minhas filhas todo dia", diz o empresário.

Após o discurso, o "tubarão" Caito Maia mostra que se identificou com o drama. "Eu tinha uma reunião com meu filho de 7 anos de idade hoje. Eu cancelei a reunião pra estar aqui. Isso pega... Bastante. O tempo está passando e tem várias coisas que eu não estou vendo e queria ver. Parabéns. Acompanhe, ame [suas filhas], porque é importante para caramba", declara o investidor.

Feitosa e a mulher, Raquel, afirmam que as duas filhas que tiveram após o trauma são a inspiração para o projeto. Os dois pedem aos R$ 345 mil de investimento em troca de 15% da empresa.

Com o dinheiro, Feitosa pretende construir um auditório para que possa dar suas aulas de formação básica em realidade virtual que, ele acredita,  pode ajudar no processo de melhora psicológica e emocional dos pacientes.

divulgação/sony

Tubarões do Shark Tank Brasil tentam desvendar códigos em empreendimento oferecido

Além dessa, outra proposta de negócio deixa os tubarões curiosos no reality show. Os empreendedores Cacildo Inácio e Claudio Santiago pedem ajuda financeira para ampliar a empresa de jogos que comandam. 

Para exemplificar como funciona um dos carros-chefes, eles levam ao estúdio do Shark Tank Brasil estruturas com códigos, para que os investidores desvendem. Quando o tempo acaba e eles não conseguem abrir as caixas ou descobrir senhas, uma explosão acontece no palco. "Que susto, bicho", comenta Caito.

Também participam do episódio três empreendedores que têm uma empresa de franquias e dois inventores de uma mochila com zíper escondido, que promete ser antifurtos.

Formato de sucesso em mais de 30 países, o reality show vai ao ar hoje no Canal Sony, às 22h, com reprise no domingo, às 23h.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?