Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DIRETOR MEDALHÃO

Dennis Carvalho deixa a Globo após 47 anos e negocia futuro com a HBO Max

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Dennis Carvalho com uma camisa preta e um sorriso em uma coletiva na Globo

Dennis Carvalho na Globo: diretor deixa emissora após 47 anos e negocia com a HBO Max

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 10/6/2022 - 12h32

Um dos diretores mais reconhecidos da Globo, Dennis Carvalho deixará a empresa no próximo mês de setembro. É quando seu contrato fixo terminará e não será mais renovado por conta da nova política da emissora, que prioriza os acordos por obra certa. Já pensando no futuro, ele tem um projeto de série e um convite da HBO Max para comandar uma de suas próximas produções.

A informação da saída de Carvalho foi dada pela jornalista Patrícia Kogut e confirmada pelo Notícias da TV. A coluna apurou que o diretor foi chamado para conversar pela HBO Max para comandar uma produção em 2023, sucessora de Segundas Intenções, atualmente em pré-produção e dirigida por uma outra ex-Globo: Joana Jabace.

O Notícias da TV apurou que as conversas são iniciais, já que o processo no streaming é mais demorado. A HBO Max já prepara uma trama com a autoria de Izabel de Oliveira, que escreveu o sucesso Cheias de Charme (2012) na Globo. Não está certo que seja esse o projeto que Carvalho iria tocar.

Dennis Carvalho estava na Globo desde 1975, mas como ator. Seu primeiro trabalho foi na primeira versão da novela Roque Santeiro, que acabou censurada pela Ditadura Militar (1964-1985) --ela ganharia uma versão definitiva em 1985, da qual ele também fez parte do elenco. Também atuou em Malu Mulher (1979), Brilhante (1981) e Brega e Chique (1987).

Na emissora, dirigiu mais de 40 trabalhos, entre novelas, minisséries e especiais. Sua estreia como diretor foi em Sem Lenço, Sem Documento, trama das sete que foi ao ar em 1977. Comandou grandes clássicos da teledramaturgia como Roda de Fogo (1986), Vale Tudo (1988), O Dono do Mundo (1991), Fera Ferida (1994), Celebridade (2003), Paraíso Tropical (2007), Lado a Lado (2012), entre outras.

Seu último trabalho foi em Segundo Sol (2008), de João Emanuel Carneiro. Mas seu maior parceiro foi o autor Gilberto Braga (1945-2021), com quem dirigiu a maioria de seus trabalhos na televisão, inclusive sua última novela, a fracassada Babilônia, em 2015.

A saída de Dennis Carvalho já era esperada porque não se tinha notícia de alguma produção com o seu nome, e a Globo só tem mantido em seu elenco fixo quem tem planos para o longo prazo --seja na TV aberta ou no seu streaming, o Globoplay, que tem recebido massivo investimento.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.