Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PANDEMIA DE COVID-19

Datena puxa a orelha de repórter no Brasil Urgente: 'Botava uma máscara'

REPRODUÇÃO/BAND

O apresentador José Luiz Datena de preto no cenário do Brasil Urgente

José Luiz Datena no Brasil Urgente desta quarta (29); apresentador distribui broncas no jornal

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 29/6/2022 - 18h07

José Luiz Datena puxou a orelha da jornalista Clara Nery por estar sem máscara durante uma reportagem nesta quarta (29). O apresentador do Brasil Urgente aconselhou a repórter a utilizar o equipamento de proteção contra a Covid-19 ao mostrar as pessoas se aglomerando em uma estação de metrô por causa de uma greve de ônibus em São Paulo.

A profissional fez uma entrada ao vivo no telejornal da estação de Santana, na zona norte da capital paulista. "Se eu fosse você, eu botava uma máscara, porque tem gente para caramba aí. Bota a mascarazinha. Conselho do titio aqui", disparou.

O âncora, que ainda não definiu se realmente concorrerá a uma vaga ao Senado nas próximas eleições, também pegou no pé de Felipe Garrafa. Ele cometeu um pequeno deslize ao questionar o repórter sobre se os grevistas já haviam voltado ao trabalho ao ver alguns ônibus em um terminal.

"Já tem motoristas ali?", indagou Datena. "Mas é claro que tem, porque o ônibus não chega ali sozinho. É evidente que não. Você faz cada pergunta, hein, Garrafa. Você está de brincadeira", soltou ele, ao jogar o mico no colo do colega de profissão.

O comunicador não perdoou sequer Latino, ao revelar que o diretor do programa havia se acidentado recentemente. "Teve até passageiro que usou a bicicleta para chegar ao trabalho no meio da greve, não sei se o Latino vai conseguir mostrar depois da escorregadela que ele deu com a moto. Se conseguir, reparte a tela em três aí", solicitou ele.

Datena ainda reclamou que estava sob efeito da lei de Murphy, em que "se algo pode dar errado, dará", com um erro da produção. "Volta com a câmera lá para onde eu estava falando", exigiu ele, que queria mostrar uma plataforma do metrô lotada.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.