Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO BRASIL URGENTE

Datena aconselha Bolsonaro a parar de apoiar Trump: 'Presidente insignificante'

REPRODUÇÃO/BAND

Imagem de José Luiz Datena no Brasil Urgente

José Luiz Datena aconselhou Jair Bolsonaro a parar de apoiar Donald Trump, presidente dos EUA

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 7/1/2021 - 18h33

José Luiz Datena aconselhou Jair Bolsonaro a parar de apoiar Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos. Nesta quinta-feira (7), o jornalista comentou sobre a invasão ao Congresso norte-americano e criticou o mandato do empresário na Casa Branca: "Presidente pequeno, insignificante", disse o apresentador do Brasil Urgente, da Band.

"Apesar de ter defeitos, a democracia ainda é o melhor regime que existe segundo Winston Churchill. Esse presidente [Trump] pequeno, insignificante, levou parte da nação a cometer crimes terríveis dentro da casa sagrada do povo, que é o Congresso norte-americano. Ele não tem nem apoio do partido, da imprensa, de mais ninguém, a não ser da sua mente doentia e merecia ser punido", afirmou Datena.

Em seguida, o jornalista repercutiu a fala de Bolsonaro, na qual o político defendeu Trump e criticou novamente o sistema de voto eletrônico brasileiro. "Não entendo porque o presidente Jair Bolsonaro disse isso, já praticamente chamando um golpe para 2022. Presidente, isso é um absurdo, uma comparação esdrúxula, que não existe", disse o comunicador.

"Primeiro, o senhor deveria parar de defender esse cidadão que tem uma mente doentia. Um lunático esse Donald Trump. Essa é a grande realidade. Em segundo lugar, presidente, se não fosse a democracia que o senhor contesta, se houvesse fraude, o senhor não teria sido eleito", pontuou Datena.

O jornalista também repudiou as críticas feitas pelo governante à imprensa brasileira: "Não pode ficar atacando a imprensa do jeito que o senhor ataca. O senhor tem que respeitar a democracia, sim! Se houvesse fraude nas eleições, o senhor não teria sido eleito presidente da República".

"Outra coisa, o senhor precisa pensar bem naquilo que fala porque o que fala hoje, tem que sustentar amanhã. Não adianta o senhor falar uma bobagem hoje e, no outro dia, colocar na boca da imprensa. Isso não cola mais. Acho melhor o senhor trocar de ídolo", destacou o apresentador do vespertino.

Confira o vídeo com o posicionamento do jornalista:


Leia também

Web Stories

+
42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do reality

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?