Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DOMINGO ESPETACULAR

Daniel Toco, repórter que nasceu sem braço, vai contar histórias de superação

Paulo Mauzer/Record

Com camisa laranja estampada e o microfone da Record na mão, o repórter Daniel Toco sorri para a câmera

O repórter Daniel Toco vai estrear quadro no programa Domingo Espetacular deste fim de semana

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 24/7/2020 - 6h50

Depois da estreia de Carolina Ferraz como apresentadora, o Domingo Espetacular terá outra novidade neste fim de semana. O repórter Daniel Toco, que nasceu sem o braço direito, vai aparecer na revista eletrônica pela primeira vez. Suas matérias terão sempre como foco histórias de superação, que inspirem o público da Record.

Toco, como prefere ser chamado, já é conhecido de quem acompanha o Balanço Geral do Rio de Janeiro. Na atração policial, o profissional de 31 anos comanda o quadro Cidade Alegre, no qual entrevista personagens que vão além dos limites.

Nascido Daniel Rosinha, ele adotou o apelido Toco como uma maneira de ressignificar uma palavra que poderia ter lhe causado tanto mal. Algo similar ao que fez o ator Babu Santana, que transformou comentários racistas em nome artístico.

Neste domingo (26), o profissional comandará uma reportagem inédita sobre o surfista Jonas Leiteri, que não sei deixou se abater por uma deficiência física.

Ele perdeu os dois braços após receber uma carga elétrica enquanto tentava pendurar uma placa. Depois do acidente, o rapaz se apaixonou por esportes e hoje é campeão de stand up paddle, modalidade em que compete com um remo adaptado. 

reprodução/record

Daniel Toco durante entrevista com Jonas Leiteri em sua estreia no Domingo Espetacular

Será o primeiro de uma série de entrevistados "que superaram os mais diversos limites, físicos, sociais e econômicos, e mudaram a própria história, a de outras pessoas ou de uma comunidade inteira", como define a Record.

O próprio Toco é um exemplo de superação. Ele nasceu com deficiência congênita no braço direito, mas nunca aceitou isso como limitação. "Meu objetivo é transformar dores em motivação, fazer com que as pessoas olhem a vida por um ângulo positivo", diz o repórter.

Ele também conta que deseja que seu trabalho possa quebrar paradigmas. "Minha expectativa é que eu ajude a normalizar a visão sobre pessoas com algum tipo de deficiência. Que se torne comum na televisão pessoas como eu, que a alegria que eu carrego e que vou mostrar através dos personagens das matérias seja mais exaltada do que minha forma física."

O Domingo Espetacular, com apresentação de Eduardo Ribeiro e Carolina Ferraz, vai ao ar a partir das 19h45.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Além de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas