Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEM CENSURA

GloboNews mostra mulher em nu frontal e sem tarja em protesto nos EUA

REPRODUÇÃO/GLOBONEWS

Felipe Santana de boca aberta e tela dividida com a imagem de uma mulher peladona em uma rua

Felipe Santana comenta sobre os protestos nos EUA e a GloboNews exibe mulher totalmente nua

REDAÇÃO

Publicado em 23/7/2020 - 19h52

Sem recorrer ao uso de tarjas ou outros efeitos especiais, a GloboNews exibiu ao vivo cenas de uma mulher completamente nua, frente e verso, durante uma reportagem sobre os protestos em cidades democratas dos Estados Unidos. A cena foi ao ar às 17h18, durante o Jornal da GloboNews - Edição das 16h, comandado por Christiane Pelajo. 

O repórter Felipe Santana, correspondente da Globo em Nova York, fez uma entrada ao vivo para citar os protestos que vêm ganhando força nos últimos dias em cidades governadas por democratas, opositoras ao presidente Donald Trump. Os manifestantes estão nas ruas pelo fim da injustiça racial e brutalidade policial.

Logo após citar que o prefeito Ted Wheeler havia sido atingido por gás lacrimogêneo, lançado por agentes federais enviados à cidade por Trump, ele falou sobre uma manifestante em específico, a quem chamou de "Peladona de Portland".

A mulher, mascarada, apareceu nas imagens da GloboNews completamente nua, sem nenhuma proteção frontal ou traseira. E o canal de notícias tampouco recorreu a artifícios para esconder a nudez explícita.

"Aí tem esses personagens interessantes nesses protestos por lá. Um deles é esse grupo de mães. Elas dão os braços e formam a chamada Muralha de Mães, para proteger os manifestantes que estão atrás dos agentes federais. Outra personagem que ganhou a internet foi a Peladona de Portland, ou a Athena de Portland, como ela está sendo chamada por lá. É uma personagem polêmica, tem quem veja como um happening, uma forma pacífica de protesto, mas quem se choca mais com a nudez vê como baderna", comentou Santana.

Erro de edição

O telejornal voltou a exibir a "Peladona de Portland" às 17h40, poucos minutos após a reportagem de Felipe Santana, mas por acidente. A apresentadora Leila Sterenberg anunciou a exibição de uma entrevista com Mike Ryan, diretor do programa de emergências da OMS, mas quem entrou na tela foi a manifestante mascarada.

A mulher, completamente nua e sem tarjas, ocupou 25 segundos do telejornal. Christiane Pelajo, com o semblante bastante irritado, retomou o comando e informou o erro. "Bom, evidentemente o que a gente viu agora não é a entrevista do Mike Ryan, da OMS. Daqui a pouquinho a gente coloca essa entrevista para vocês", avisou.

Assista a um trecho da reportagem de Felipe Santana em que a manifestante nua aparece ao vivo na GloboNews:

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas