Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEGUNDAS INTENÇÕES

Daniel de Oliveira sai da Globo para ser vilão rival de Gianecchini na HBO Max

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Daniel de Oliveira com uma camisa azul e um olhar distante

Daniel de Oliveira deixa a Globo após 23 anos de contrato para fazer telessérie no streaming

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 9/4/2022 - 6h45

Após 23 anos, o ator Daniel de Oliveira deixará de ser exclusivo da Globo. Ele fará seu primeiro trabalho no streaming em Segundas Intenções, telessérie da HBO Max que é escrita por Raphael Montes com supervisão de Silvio de Abreu. Na produção, viverá o controverso Benjamin Argento, um cirurgião plástico playboy que será rival do mocinho interpretado por Reynaldo Gianecchini.

Herdeiro de um império da chamada "indústria da beleza", o personagem de caráter duvidoso vivido por Oliveira se apaixona por Lola, interpretada por Camila Pitanga, com quem tem uma relação conturbada.

Gianecchini também faz um médico na trama e desperta a inveja do vilão por causa de seu sucesso. O playboy não suporta ver o rival ser admirado e elogiado até por membros de sua própria família, por isso faz de tudo para destruí-lo.

O casal de vilões é alvo da vingança de Sofia (Alice Wegmann) na história. A mocinha viu a mãe ser presa injustamente por causa da tia Lola. Sem rumo, a protagonista é acolhida pela amorosa família Paixão, que também vive um drama por causa da filha vítima de erro médico. A heroína e seus novos aliados se unem na dor e na indignação contra os culpados pelas suas tragédias: Lola e Benjamin.

As gravações estão marcadas para começar em julho, e o trabalho de pré-produção e preparação de elenco começa um mês antes. Os roteiros estão sendo concluídos nas últimas semanas por Montes e Abreu.

No elenco, também estão confirmados Murilo Rosa e Antonio Fagundes. Um concurso no programa Faustão na Band também vai escolher uma nova atriz para a produção.

Antes de migrar para o streaming, Daniel de Oliveira já fazia parte do grupo de atores mais seletivos da Globo na hora de aceitar os trabalhos. Estava na emissora desde 1999, quando fez Malhação. Participou de produções como Cabocla (2004), Cobras & Lagartos (2006), Passione (2010), O Rebu (2014), Nada Será Como Antes (2016), Os Dias Eram Assim (2017), Onde Está Meu Coração (2021) e Aruanas 2 (2021).


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.