Virou Cupido

Como Chris Flores superou a rejeição na Record e deu a volta por cima

Ricardo Correa/Divulgação

Chris Flores está divando: jornalista apresenta o programa que é a terceira maior audiência nacional do SBT - Ricardo Correa/Divulgação

Chris Flores está divando: jornalista apresenta o programa que é a terceira maior audiência nacional do SBT

DANIEL CASTRO - Publicado em 28/05/2018, às 05h37

Às vésperas do Natal de 2014, a jornalista Chris Flores recebeu uma notícia bombástica. Na volta das férias, ela não comandaria mais o Hoje Em Dia, programa em que trabalhou durante sete anos, cinco deles como apresentadora. Foi um duro golpe. De uma hora para outra, se viu na temível "geladeira" da Record, sem nenhuma perspectiva de voltar ao ar. Seus ganhos com publicidade, maiores que o salário, desabaram.

Três anos e cinco meses depois, a jornalista de 40 anos deu a volta por cima. Hoje ela apresenta o Fábrica de Casamentos, a terceira maior audiência nacional do SBT, vice-líder disparado na Grande São Paulo, implacável contra o Programa da Sabrina de sua ex-casa. No último dia 19, o reality show conseguiu a proeza de bater a Globo durante 47 minutos e abrir três pontos e meio sobre o Altas Horas.

"Eu chorei, fiquei muito emocionada. Quando vi os números do Ibope, falei: 'Meu Deus, não é possível?'", conta. "E foi um primeiro lugar contra um programa de alta qualidade, com um apresentador incrível, que é o Serginho Groisman, e que tem ótimos convidados", valoriza.

O Fábrica de Casamentos é um formato 100% brasileiro que promete realizar o casamento dos sonhos de pessoas que se inscrevem no site do SBT, tudo dentro do curto prazo de uma semana. O primeiro lugar na Grande São Paulo foi a realização de um "sonho" para o próprio programa.

"O que a gente sempre imaginou quando começou a gravar o Fábrica [em 2016] é que o programa ia dar certo, mas ficar em primeiro lugar era um sonho distante, porque a gente concorria com a novela das nove da Globo. Mas a gente sempre acreditou que estava fazendo um programa de qualidade e que uma hora seria reconhecido", discursa Chris.

Chris vestida para gravar (Foto: Victor Silva/SBT)

Na geladeira é melhor
Para Chris, o sucesso de hoje é resultado de muito trabalho e paciência. Quando foi dispensada do Hoje Em Dia, a jornalista não caiu no desespero. Diferentemente de seus colegas de matinal, Celso Zucatelli e Edu Guedes, preferiu cumprir contrato na Record. Os dois foram para a RedeTV!, numa aventura que não deu certo _Zucatelli até já saiu.

Também ajuda a entender sua superação a visão que ela tem dos bastidores da TV, que cobriu antes de colocar o rosto na tela, e a forma como encarou a decisão da Record de trocá-la pela rival Ana Hickamann _que ela chama de "meu carma" .

"Nunca tive a sensação de que o programa era meu, sempre soube que programa é da emissora e quem decide não é a gente", ensina. Ela buscou amadurecer e tirar aprendizado da situação reversa.

"Foi um susto, mas foi bom também. Você acorda para a vida, faz um balanço. Não saí procurando culpados. Se ficar remoendo o passado, você não anda pra frente. Fiz um balanço e decidi ter paciência, não adianta colocar os carros na frente dos bois."

Chris voltou ao ar timidamente ainda em 2015, na Record, dando uma nova introdução para gravações antigas do reality Troca de Família. Um ano depois surgiu o convite para o Fábrica de Casamentos. Ela fez um acordo de rescisão amigável com a Record e correu para o SBT.

"Quando soube do projeto do Fábrica, eu disse: 'É a minha cara'. Um programa pra cima, com sonhos, para a família. Era tudo o que eu estava precisando, um reality show, com jornalismo, porque contar histórias é jornalismo", ensina novamente.

Chris participou do desenvolvimento do Fábrica de Casamentos desde o início. "A gente teve de refazer várias coisas até achar um formato", lembra.

A jornalista trabalha muito quando está gravando. "A gente não tem rotina, grava de domingo a domingo. Eu sempre acordo bem cedo e vou até a hora em que a pauta rende" diz. Na maioria dos dias, a pauta rende até a noite.

Nessas jornadas, não faltam imprevistos, e Chris tem de atuar como um Cupido ou conciliadora _como levar quatro horas para convencer uma mãe que não aceitava a nora a ir no casamento do filho.

VICTOR SILVA/SBT

Murilo Bordoni e Flavia Monteiro celebram união no Fábrica de Casamentos do último dia 19

Trabalho não vai faltar para a apresentadora. Contratada pelo SBT, ela já ganhou um segundo programa, exibido igualmente em temporadas, o BBQ Brasil - Churrasco na Brasa. A emissora também encomendou uma terceira temporada de Fábrica de Casamentos, para 2019.

No ano que vem, Chris promete uma novidade: um casamento gay. "É uma questão muito delicada, a gente não quer que as pessoas sofram mais preconceito e que o programa pareça apelativo. Tem que ter muito romance", defende.

Saudades da Record? Nenhuma. "Em termos financeiros, dá na mesma, mas eu estou bem, estou feliz, e isso é o que importa. Nunca fui tão abordada por crianças como agora, até parece que faço novela infantil (risos). O programa até ficou mais leve porque tem muita criança e gente de idade assistindo", diz.

Ibope
A liderança no dia 19 veio graças a uma movimentação de grade do SBT. A emissora exibiu um compacto de As Aventuras de Poliana e empurrou o Fábrica de Casamentos para mais tarde, depois das 22h19, sem a concorrência de Segundo Sol.

Na média final, Fábrica de Casamentos venceu o Altas Horas por um décimo na Grande São Paulo (12,4 a 12,3 pontos). "Demos mais audiência do que o casamento real e com um típico casamento do SBT", lembra Chris. A transmissão da união do príncipe Harry com a atriz Megan Markle rendeu 10,7 pontos à Globo na manhã do mesmo dia.

O SBT repetiu a estratégia no último sábado (26), mas não foi tão bem-sucedido. Segundo dados preliminares, o Fábrica de Casamentos teve 9,7 pontos na Grande São Paulo. Foi uma audiência vigorosa, mas não o suficiente para bater a Globo, que, devido à greve dos caminhoneiros, ampliou o Jornal Nacional e empurrou a novela das nove até as 23h03.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Paloma deve ficar em Bom Sucesso?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook