Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

INFORME

Com atraso, Jornal Nacional noticia escândalo de Marcius Melhem após críticas

REPRODUCAO/TV GLOBO

André Trigueiro e Ana Luíza Guimarães no Jornal Nacional de 8 de dezembro de 2020

André Trigueiro e Ana Luíza Guimarães no Jornal Nacional de terça-feira (8); Globo citou Marcius Melhem

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/12/2020 - 22h43

Com atraso, o Jornal Nacional noticiou nesta terça-feira (8) o escândalo de Marcius Melhem e as acusações feitas por Dani Calabresa. Em tom informativo, a Globo citou que a reportagem da revista Piauí, publicada na sexta-feira (4), repercutiu a denúncia na imprensa. No entanto, declarou que não pode se manifestar publicamente por questão de sigilo. A opção foi divulgar os links em que o público pode acessar as informações livremente.

Ao encerrar o telejornal, Ana Luíza Guimarães e André Trigueiro tiveram que ler o comunicado da Globo sobre o escândalo que repercute fora e dentro da empresa. Curiosamente, coube à substituta de Renata Vasconcellos iniciar o texto com fortes citações.

"A revista Piauí deste mês traz uma reportagem segundo a qual a atriz Dani Calabresa foi vítima de assédio sexual e moral por parte de Marcius Melhem, ex-diretor de Humor da Globo. Ao todo, a revista enumera duas vítimas de assédio sexual, sete vítimas de assédio moral e três vítimas de assédio sexual e moral", iniciou.

"A revista conta que a Globo abriu uma investigação interna sobre o assunto e informa que Melhem deixou a empresa em agosto deste ano. Diversos veículos de imprensa repercutiram a reportagem da revista", completou.

Trigueiro, por sua vez, destacou o motivo da emissora não ter comentado a história até então. "Ouvida pela Piauí e por esses veículos, a Globo informou que investiga criteriosamente todas as denúncias de assédio e que não tolera comportamento abusivo, mas que não pode comentar publicamente nenhuma investigação desse tipo por ter assumido com todos seus colaboradores um compromisso de sigilo do processo, que resguarda a investigação dos fatos, denunciantes, denunciados e testemunhas. Mesmo nas hipóteses de desligamento, as razões não são tornadas públicas", informou.

"Apesar desses esclarecimentos, a revista Piauí e outros veículos criticaram a Globo por não se manifestar sobre esse caso específico", continuou.

Ana Luíza, então, informou ao telespectador os sites em que é possível ler sobre o caso. O perfil de Dani Calabresa nas redes sociais foi listado pelo noticiário.

Nas redes sociais, a primeira vez em que o Jornal Nacional citou o escândalo rendeu novas críticas. "O recado foi o seguinte: quer saber sobre o assédio que ocorreu em nossas instalações? Procure nos sites da internet, pois a gente não sabe de nada", comentou Claudio Santos.

"Claro que a Globo tentou evitar ao máximo tocar no assunto que um de seus diretores cometeu crime de abuso sexual. Só falou porque foi cobrada. Fato", opinou Jayme Lopes.

"Nunca tinha visto o Jornal Nacional indicar links e perfil das redes sociais para a galera se inteirar dos fatos. Inovador", ironizou o perfil @isthayme.

Veja repercussão nas redes sociais: 


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas