Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NOVA DECISÃO

Athletico-PR derrota a Globo na Justiça, e exibirá Brasileirão em plataforma própria

ATHLETICO/DIVULGAÇÃO

Imagem mostra Felipe Aguilar, zagueiro do Athletico-PR, em duelo do Campeonato Brasileiro

Felipe Aguilar, zagueiro do Athletico-PR; time derrotou Globo na Justiça e pode exibir Brasileirão em sua plataforma

REDAÇÃO

Publicado em 12/8/2020 - 20h55

O Athletico-PR conseguiu uma vitória importante sobre a Globo na Justiça nesta quarta-feira (12). A 4ª Câmara Cível de Curitiba concedeu uma liminar autorizando o clube a transmitir suas partidas do Campeonato Brasileiro 2020 em sua plataforma própria.

A ação civil pública foi movida pela Associação de Sócios do Clube Athletico Paranaense, uma entidade ligada à diretoria do time, e a decisão favorável ao Athletico-PR saiu minutos antes do duelo contra o Goiás, válido pela segunda rodada do campeonato, e que começou às 19h15. 

No despacho, o desembargador Leonel Cunha julgou que a Globo não pode impedir o Athletico-PR de veicular as partidas do Brasileirão em seu pay-per-view próprio. O time paranaense se apoia na Medida Provisória 984, assinada por Jair Bolsonaro em junho, que dá aos mandantes o direito de transmitir seus duelos.

O magistrado, assim, suspende a liminar que a Globo havia obtido na última terça-feira (11), impedindo o clube paranaense de exibir o Brasileirão em sua plataforma. Na ação, o desembargador também afirmou que cabe à emissora processar o Athletico-PR caso sinta-se lesada.

"Para impedir o direito que o CLUB acredita ter de transmitir suas partidas PPV com base na MP 984/2020, caberá à parte contratante que se sentir lesada (no caso, a Rede Globo), ajuizar demanda a fim de fazer valer as consequências jurídicas que, em seu entender, advém dos contratos entabulados com terceiros", salientou o desembargador.

A princípio, o confronto contra o Goiás não seria exibido em nenhum lugar, já que o Athletico-PR não tem contrato com a Globo para o Premiere, que transmite todos os jogos do Brasileirão. O clube só tem acordo com a emissora para TV aberta e, na TV paga, assinou com a Turner.

Os jogos são exibidos no Furacão Play, serviço por assinatura do clube para sócios. Nas redes sociais, o Athletico-PR comemorou a decisão da Justiça. "Que momento", publicou o time no Twitter ao anunciar a autorização que obteve para colocar no ar as partidas em sua plataforma própria. A Globo não comenta casos sub judice, mas deverá recorrer.

Os sócios atuais não pagam para assistir às partidas no Furacão Play e os novos clientes têm que desembolsar R$ 24,90 para assinar o serviço. Além do jogo contra o Goiás, o clube pode exibir, se for mantida a decisão da Justiça, todos os outros confrontos em que for mandante.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?