Shark Tank Brasil

Após viralizar com propagandas bizarras, vendedor canta ópera em reality show

Divulgação/Sony

O vendedor Andrigo Cremiato, que canta ópera ao apresentar sua empresa no Shark Tank Brasil - Divulgação/Sony

O vendedor Andrigo Cremiato, que canta ópera ao apresentar sua empresa no Shark Tank Brasil

REDAÇÃO - Publicado em 31/08/2018, às 07h00

De smoking e voz potente, um participante entra no reality show Shark Tank Brasil mandando ver com sua versão de uma famosa música italiana. No episódio desta sexta (31), o vendedor de empilhadeiras Andrigo Cremiato tenta conquistar os investidores com um jingle baseado na canção Funiculi Funicula, de Andrea Bocceli.

Cremiato já é um velho conhecido da internet por causa de suas propagandas bizarras. Há seis anos, gravou seu primeiro vídeo para divulgar sua loja. Desde então, publicou várias paródias, como a que inventa outra letra para a música Gangnam Style, do coreano Psy _e, é claro, faz os passinhos característicos da coreografia.

"Sempre tive esse lado de gostar de cantar, também tenho grupo de canto italiano. Graças a um desenvolvimento de vídeos virais para o YouTube, muitos clientes chegam aqui e perguntam 'Cadê o maluco do Psy?', 'Cadê o cara que canta ópera?'. Mais do que ter um preço competitivo, é importante ter a confiança do cliente, e é aí em que a gente se destaca da concorrência", afirma no programa do Canal Sony.

A entrada triunfal de Cremiato deixa os "tubarões" chocados e, ao mesmo tempo, entretidos. "Sua empilhadeira ficou pequena perto da sua entrada apoteótica", brinca Caito Maia.

O empresário aproveita a deixa para explicar como suas propagandas caseiras levaram ao crescimento do negócio.

"Comecei com esse modo irreverente de vender meio que sem querer. Um dia minha esposa inventou uma letra, paródia que virou a Ópera da Empilhadeira. Nós chegamos na empresa, ligamos o som e gravamos. Colocamos no YouTube e chegou a 2 milhões e meio de visualizações. A gente recebia dois clientes por dia, passou a receber 50. Fomos dobrando de tamanho a cada seis meses", diz.

No reality do Canal Sony, Cremiato pede aporte de R$ 1 milhão em troca de 20% de participação em sua empresa. A ideia dele é ter ajuda dos tubarões para começar uma estrutura de aluguel de empilhadeiras.

divulgação/sony

Jurados experimentam a pizza de Raphael Correa durante episódio do Shark Tank Brasil

Além de Cremiato, o episódio tem a participação do pizzaiolo Raphael Correa. Após muitos anos usando a receita de pizza de sua avó em festas de família, ele abriu um food truck e um restaurante e agora busca a ajuda dos investidores para expandir o negócio.

"A gente não precisa trabalhar só atrás de dinheiro. A gente pode trabalhar com amor. Antes eu não era feliz na minha profissão. Hoje eu sou totalmente feliz. A ideia é levar a receita da minha avó para as ruas, uma receita que eu já vinha aprendendo ao longo dos anos", explica. Correa pede R$ 300 mil por 25% de sua empresa e desperta a atenção dos tubarões. 

Também participam do episódio o dono de uma empresa que produz calçados no estilo alpargata e dois empreendedores que criaram um retrovisor inteligente para caminhões. 

Formato de sucesso em mais de 30 países, o reality show vai ao ar hoje no Canal Sony, às 22h, com reprise no domingo, às 23h.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook