Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'DECISÃO DE CARREIRA'

Após bate-boca com Bolsonaro, André Marinho pede demissão da Jovem Pan

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem de André Marinho em vídeo publicado no YouTube

André Marinho em vídeo publicado no YouTube; humorista pediu demissão da Jovem Pan

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 4/11/2021 - 23h16

André Marinho, integrante do Pânico, pediu demissão da Jovem Pan. Nesta quinta-feira (4), o comunicador disse que tomou a decisão para honrar o seu posicionamento e a sua trajetória profissional. Durante a estreia da Jovem Pan News, o humorista havia questionado o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a suposta prática de rachadinhas, o que ocasionou um bate-boca na atração.

"Todo mundo acompanhou que ali, em 2020, a rádio fez uma decisão mercadológica de fidelizar esse grupo bolsonarista, propagar as teses simpáticas ao atual governo. Diante desse quadro, eu tinha duas opções: ou ficava em casa, chupando o dedo na minha zona de conforto, ou ia ao encontro desse desafio e tentava ser uma voz de equilíbrio neste ambiente", pontuou o humorista em vídeo publicado no YouTube.

No relato, Marinho disse que "teria sido muito fácil optar pela neutralidade", mas que decidiu ir pelo outro caminho. "O programa ganhou um contorno muito politizado, e me vi em uma posição de estabelecer o contraponto, de tentar trazer algum equilíbrio para o debate", prosseguiu.

"Não fiz isso por mim, não, fiz principalmente pela audiência. Fiz para honrar a vocação do comunicador, que é comunicar o que pensa e pensar sob a luz da verdade. Foi o que sempre fiz, tenho muito orgulho e nenhum arrependimento", destacou Marinho.

No vídeo, o comediante não abordou a polêmica com Jair Bolsonaro. "Uma coisa que levo daqui é que seguir suas convicções contra a conveniência da corrente predominante significa estar disposto a enfrentar as críticas daqueles que não têm a mesma coragem de fazer isso", complementou Marinho, que também agradeceu a toda equipe do programa.

No Pânico desta quinta-feira, Emílio Surita afirmou que o agora ex-colega de bancada estava chateado com os ataques nas redes sociais. "A porta está sempre aberta, é um cara muito legal, todo mundo gosta dele. Mas, o mundo que a gente vive é assim, da lacração. Não vamos tirar o trabalho de ninguém", disse o apresentador da atração.

Confira os vídeos:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.