Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PRECONCEITO

Aline Midlej relata como sofreu racismo na televisão: 'Escancarado'

REPRODUÇÃO/GLOBONEWS

A jornalista Aline Midlej sorri em olha para câmera durante o Jornal das Dez

Aline Midlej relatou como lidou com o racismo ao longo da vida e em emissoras de TV

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 17/10/2021 - 10h41

Atualmente âncora do Jornal das Dez, da GloboNews, Aline Midlej confessou que já viveu experiências de racismo na televisão. Ela disse que encarou o preconceito "escancarado" ao longo da vida e que, em outras emissoras onde trabalhou antes de chegar à Globo, chegou a ouvir pedidos para que mudasse seu cabelo.

"Percebia ser exceção no prédio em que morava, em Perdizes [bairro de São Paulo], sempre fui a única negra na escola particular, no clube. Tive poucos namorados negros porque não convivia com eles. A construção do meu eu negro foi um processo. Vivi o racismo, que considero escancarado e não velado, num olhar, numa reticência corporal. Em outras emissoras, nos anos 2000, passei pelo desafio da estética. Certa vez, deixei meu cabelo enrolado e me pediram para mudar o penteado. Fiz uma versão meio enrolada, meio lisa", contou, em entrevista ao jornal O Globo.

A jornalista ressaltou que, atualmente, jamais voltaria a aceitar esse tipo de demanda. "Hoje, a minha resposta para esse 'pedido' estaria na ponta da língua, eu ia rir alto", afirmou ela.

Ao mesmo tempo, Aline acredita que houve um avanço importante na sociedade brasileira no que diz respeito à conscientização e ao combate ao racismo.

"Tenho convicção de que, se voltasse à minha escola, encontraria meninas como eu em maior quantidade. Acredito que hoje o debate está diferente, que a história do Brasil escravocrata está sendo discutida de outro jeito. A negritude não me define, ela me compõe. Também é um desafio não cair nessa estigmatização. Eu represento muita coisa: a mulher incomodada, filha de nordestinos, comunicadora, mulher negra e por aí vai", enfatizou.

Casamento com diretor 

A jornalista ainda comentou sobre seu atual casamento com o diretor Rodrigo Cebrian. Os dois se encontraram pela primeira vez na GloboNews e se apaixonaram. Porém, Aline era casada com outro homem quando conheceu seu novo amor.

"Na época, eu estava casada havia quatro anos e tinha acabado de oficializar a união. Sempre fui muito correta. Como toda mulher, tinha questões, mas não olhava para isso, tocava a vida. Começamos, eu e Rodrigo, a falar sobre trabalho, e acabei me apaixonando. Terminei meu casamento para me casar com ele. É uma baita história de amor", lembrou ela.

A âncora reconheceu que a decisão de se separar para viver um outro relacionamento teve um enorme impacto em sua vida pessoal, mas frisou que valeu a pena se arriscar.

Foi um abalo na estrutura de toda a família. A gente tem que seguir a intuição e, na dúvida, vai. Claro que tem dor e processos difíceis. Porém, a minha escolha, que considero corajosa, quebrou padrões e impactou todos à minha volta, fez todo mundo pensar. A vida está aí para a gente se arriscar. Dói, é difícil, mas vale a pena.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Juan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas