Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

HISTÓRIA NA TV

9 de Julho é feriado de quê? 3 novelas e séries para entender a Revolução de 32

GUILHERME AZEVEDO/TV GLOBO

Os atores Nicolas Prattes, Jhona Burjack e Izak Dahora vestidos de soldados com armas nas mãos em cena de Éramos Seis

Alfredo (Nicolas Prattes), Lúcio (Jhona Burjack) e Tião (Izak Dahora) em Éramos Seis: cenas de guerra

DANIEL FARAD

Publicado em 9/7/2020 - 6h55

O dia 9 de Julho é tão importante para o Estado de São Paulo que virou feriado, além de uma avenida e um túnel na capital. A data foi instituída em memória dos combatentes da Revolução de 1932, em que as tropas paulistas enfrentaram os soldados de Getúlio Vargas (1882-1954) para promulgar uma nova Constituição --um momento conturbado da História que inspirou novelas e séries.

O conflito foi a primeira grande revolta contra o governo getulista, instituído dois anos antes, e se transformou em uma das principais guerras civis do Brasil durante o século 20. As batalhas e a tensão da época são contadas em produções como O Casarão (1976), em que o confronto armado ajudou a separar os protagonistas João (Gracindo Júnior) e Carolina (Sandra Barsotti).

O autor Benedito Ruy Barbosa também incluiu as lutas em Os Imigrantes (1981), na Bandeirantes, que se estendeu por 459 capítulos. Na minissérie JK (2006), o futuro presidente, então interpretado por Wagner Moura, foi um dos médicos que cuidou dos combatentes feridos nas trincheiras.

Relembre outras tramas que abordaram a Revolução de 1932:

GUILHERME AZEVEDO/TV GLOBO

Os amigos Alfredo (Nicolas Prattes) e Tião (Izak Dahora) em combate militar em Éramos Seis


Éramos Seis

As vidas de dona Lola e dos seus quatro filhos foram alteradas pela Revolução de 1932 em todas as versões de Éramos Seis, seguindo à risca os acontecimentos da obra original de Maria José Dupré (1896-1984). Em 2019, a matriarca interpretada por Gloria Pires perdeu tragicamente um dos herdeiros e ainda rezou para que outro voltasse intacto do front da guerra.

Carlos (Danilo Mesquita) morreu após ser atingido por uma bala perdida em uma das manifestações que antecederam os acontecimentos. A catástrofe fez Alfredo (Nicolas Prattes) se alistar no Exército para lutar nas barricadas em Itapetininga.

Em dez capítulos, o folhetim mostrou o personagem de Nicolas Prattes chorar pelo aniquilamento de seus amigos e ainda voltar derrotado para a casa da mãe.

GIANNE CARVALHO/TV GLOBo

Nina (Maria Fernanda Cândido) e José Manoel (Nuno Lopes) em Esperança: amor na guerra


Esperança

Benedito Ruy Barbosa voltou ao período histórico em Esperança (2003) com o drama de Nina (Maria Fernanda Cândido). A operária se oferece com enfermeira no front da guerra, onde acaba se apaixonado pelo português José Manoel (Nuno Lopes) após salvá-lo da morte. O romance deu tão certo que a atriz ofuscou a protagonista de Priscila Fantin numa novela que a Globo prefere esquecer.

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Bernardo (Daniel de Olivieira) com a bandeira em comício pró-Constituinte em Um Só Coração


Um Só Coração

A minissérie de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira misturou realidade e ficção ao contar a trajetória dos estudantes Miragaia (Rodrigo Penna), Mário (Theodoro Cochrane), Dráusio (Marco Pigossi) e Camargo (Leonardo Torloni). Os rapazes realmente existiram e foram mortos em um comício pró-Constituinte na Praça da Sé, no centro de São Paulo.

As iniciais dos quatro discentes formam a sigla MMDC, que se tornou um símbolo da revolução e hoje em dia também dá nome a uma rua no bairro do Butantã, também na capital paulista.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?