Altíssima definição

De olho na Copa, fabricante vende TV 4K pela metade do preço

Divulgação

Televisor 4k da LG; tecnologia oferece resolução de imagens quatro vezes superior a full HD - Divulgação

Televisor 4k da LG; tecnologia oferece resolução de imagens quatro vezes superior a full HD

EDUARDO BONJOCH - Publicado em 30/05/2014, às 12h10 - Atualizado em 03/06/2014, às 15h09

RESUMO: Novidade mais high-tech em resolução de imagem, a TV 4K veio para ficar. No mercado, há dez modelos de aparelhos com essa característica, como um da LG, de 55 polegadas, por R$ 7.999, metade do valor original pelo qual foi lançado. A oferta de conteúdo está crescendo e a tecnologia agora chega aos smartphones

A TV 4K (ou ultra HD) de 55 polegadas, lançada há oito meses pela LG, está sendo vendida nas lojas por 50% do valor inicial. De R$ 15.999 em agosto, sai agora por R$ 7.999. Em nenhuma outra categoria de televisores a queda foi tão brusca no mesmo período.

Mesmo sendo um valor elevado para grande parte da população, a boa notícia é que a tecnologia, que oferece imagens em altíssima resolução, veio para ficar. Não é preciso ter receio ao investir em um aparelho com ela. As operadoras de TV por assinatura já se preparam para oferecer conteúdo em 4K. Na Copa, serão feitos testes de transmissão pela Net e Vivo.

Em menos de um ano, já foram lançados dez modelos de TVs 4K, de três marcas diferentes (LG, Samsung e Sony). Philips e Semp Toshiba também pretendem entrar nesse mercado até o final do ano.

Por enquanto, o mercado oferece telas de 55 a 85 polegadas. Nessa lista, estão dois modelos da Samsung: a recém-lançada TV de tela curva com 65 polegadas (preço: R$ 17.500) e o sofisticado aparelho de 85 polegadas, que custa R$ 100 mil.

Os valores são salgados se comparados aos preços de algumas promoções que estão acontecendo para a Copa. Atualmente, o consumidor consegue levar para casa um televisor de resolução full HD, com 55 polegadas, por R$ 3.500 a R$ 4.000, metade do valor do investimento mínimo em uma tela ultra HD. 

Na parte de conteúdo, os caminhos também estão se abrindo. Da segunda temporada da série House of Cards, já disponível em 4K pela Netflix, às transmissões experimentais da Copa pela TV Globo e Globosat (apenas para pequenas plateias, como antecipamos aqui), a tecnologia ultra HD começa a ser tratada com mais atenção pelo setor.

Qualidade da imagem

O maior benefício das TVs 4K está na qualidade da imagem, que pode atingir a resolução de 3.840 por 2.160 pixels, quatro vezes superior à full HD. Na prática, isso se traduz em um maior detalhamento e profundidade do que se vê na tela.




Televisor 4K da marca Samsung; existem no mercado brasileiro dez modelos com essa tecnologia

Quanto maior o televisor, mais evidente o ganho de qualidade na visualização dos conteúdos de alta definição, principalmente, em atrações originalmente gravadas em resolução ultra HD. No YouTube, por exemplo, você encontra vários vídeos bacanas que podem ser usados para testar a tecnologia. Mas fique atento à banda larga: para evitar travamentos com material em 4K, a orientação é que o usuário tenha um plano a partir de 15 Mbps.

Nova geração de celulares




Para driblar a ainda carente oferta de transmissões em resolução ultra HD, que tal produzir seu próprio conteúdo com essa definição? Isso já é possível com a nova geração de smartphones à venda nas lojas.

Modelos como o LG G Flex, Samsung Galaxy S5 e Sony Xperia Z2, que custam entre R$ 2.000 e R$ 2.600, são capazes de fazer vídeos em altíssima resolução. Depois, é só transferir os arquivos diretamente para a TV 4K. Para isso, você pode utilizar a tecnologia sem fio Wi Fi Direct.

Outra opção, ainda mais simples, chama-se NFC (de Near Field Communication). Basta aproximar os dois equipamentos para ver o vídeo do celular na tela da TV. Na realidade, a “mágica” é possível porque outras tecnologias, como o próprio Wi Fi, entram em ação, mas isso acontece de forma direta e rápida, sem que o consumidor precise perder tempo configurando os produtos.

LEIA TAMBÉM:

Dono do Pânico vira concorrente do UFC e vai promover luta na TV

Na reta final de Em Família, Manoel Carlos leva periferia para novela 

'Nunca vi cenário dar audiência', critica ex-diretor do Fantástico

Em Família: Clara se separa de Cadu e assume Marina, mas sem beijo

'Quase morri sozinha, mas meu boneco me salvou', diz Palmirinha

Em novela de homens fracos, malandro rouba a cena e vira herói


​► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook