Patricia Arquette

Vencedora do Globo de Ouro engordou 18 kg para fazer o papel de sua carreira

Divulgação/CBS/Showtime

Patricia Arquette em momentos recentes na TV, nas séries CSI: Cyber (2016) e Escape at Dannemora (2018) - Divulgação/CBS/Showtime

Patricia Arquette em momentos recentes na TV, nas séries CSI: Cyber (2016) e Escape at Dannemora (2018)

JOÃO DA PAZ - Publicado em 08/01/2019, às 06h15

Ver Patricia Arquette na minissérie Escape at Dannemora é uma experiência única. Logo de cara, é difícil acreditar que a personagem Tilly Mitchell é vivida pela atriz de 50 anos. Em cena, ela aparece desfigurada, com 18 quilos a mais, peruca, dentes falsos e lente de contato. Com direito a sotaque carregado e trejeitos peculiares, Patricia levou um Globo de Ouro para casa, de melhor atriz de minissérie, na premiação do último domingo (6).

A vencedora do Oscar e do Globo de Ouro por Boyhood: Da Infância à Juventude (2014) superou outra colega de profissão que também se entregou para um papel: Amy Adams, em Sharp Objects (2018, da HBO). Amy enfrentava sessões de quatro horas, divididas em partes iguais, para colocar e retirar 350 palavras rabiscadas em seu corpo. Tudo para dar vida à automutiladora Camille Preaker.

Os esforços de ambas as atrizes merecem menção, e Patricia se destaca por aquilo de que ela abriu mão, a tal da vaidade feminina. Loira, madura e enxuta, Patricia teve de se "enfeiar" para interpretar Tilly, supervisora dos presos que trabalhavam costurando calças e roupas.

Baseada em uma história real, sobre a fuga de dois criminosos de um presídio em Nova York, Escape at Dannemora (do canal norte-americano Showtime e ainda inédita no Brasil) foi filmada durante dez meses. Antes de começar os trabalhos, Patricia teve de ganhar peso, à base de muito pão, milk-shake e sorvetes. E nada de produtos de beleza (cremes e afins) nesse período.

Em entrevista para a revista Variety, a chefe de maquiagem da atração, Bernadette Mazur, esclareceu que sua missão era "acabar com a beleza radiante e natural [de Patricia]". Bernadette aprofundou os olhos da atriz --o objetivo foi replicar um look depressivo de quem trabalha em uma cadeia--, fez o queixo dela ficar mais para a frente e até recheou a bochecha para arrendondar o rosto. A cereja no bolo foi colocar manchas nos dentes e deixá-los bem defeituosos.

Patricia ficou idêntica à Tilly Mitchell da vida real. Em conversa com a revista The Hollywood Reporter, ela contou uma história que simboliza essa transformação. "A primeira vez que me arrumaram como Tilly, saí do camarim e fui fumar um cigarro. [O ator] David Morse, que eu conheço há anos, olhou para mim e disse: 'De onde veio essa porra de mulher e por que ela tá falando comigo?'", lembrou.

divulgação/showtime

Patricia Arquette é essa da esquerda, em cena da série; a verdadeira Tilly Mitchell está à direita

Todo esse trabalho é ímpar na carreira de Patricia. Ela passou por uma entrega um tanto parecida com a que tinha feito em Boyhood, mas sua transformação no filme premiado foi muito menos drástica --o avanço da idade de sua personagem durante 12 anos foi natural, já que esse foi o período de filmagens do longa. Os atores se encontravam a cada ano para gravarem suas cenas, entre 2002 e 2014.

Série de alto nível
Escape at Dannemora é uma das duas séries vencedoras do Globo de Ouro que ainda são inéditas no Brasil (a outra, A Very English Scandal, não tem previsão de estreia no serviço de streaming da Amazon, o Prime Video).

Escape foi dirigida pelo ator Ben Stiller, que estreia atrás das câmeras em uma série com ousadia, abusando dos planos-sequência (cenas longas e sem corte) inovadores e comandando um elenco inspirado. Stiller recebeu uma indicação inédita para o DGA Awards, prêmio dado pelo sindicato dos diretores.

No elenco, Benicio Del Toro vive Richard Matt e Paul Dano é David Sweat, ambos cumprindo penas por assassinato na prisão de segurança máxima Clinton Correctional Facility. Com a ajuda de Tilly Mitchell (Patricia), a dupla bola um plano para escapar da cadeia, pelo subsolo e rede de esgoto.

A fuga real ganhou as manchetes da mídia no mundo todo. Mais de 450 agentes policiais estavam envolvidos na caça pela dupla. Toda a operação de busca custou cerca de US$ 23 milhões (R$ 85 milhões) e durou 23 dias.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que série você está mais empolgado para acompanhar neste ano?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook