Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PSICOLOGIA EXPLICA

Ted Bundy e You: Por que as pessoas estão caidinhas pelos psicopatas da TV?

Divulgação/Netflix

Intérprete de Joe na série You, Penn Badgley teve que explicar que seu personagem é psicopata - Divulgação/Netflix

Intérprete de Joe na série You, Penn Badgley teve que explicar que seu personagem é psicopata

LUCIANO GUARALDO

Publicado em 7/2/2019 - 5h23

Astros inesperados da Netflix, Joe Goldberg (da série ficcional You) e Ted Bundy (da documental Conversando com um Serial Killer) têm destruído corações por onde passam. O fato de serem psicopatas parece não influenciar muito a opinião do público, que prefere focar nos atributos físicos dos dois do que em suas atitudes criminosas.

Até Millie Bobby Brown, a Eleven de Stranger Things, saiu em defesa do psicopata de You. "Ele não é assustador, ele está apaixonado por ela e tudo bem. E eu sei que todos vão dizer: 'Ele é um perseguidor, por que você apoiaria isso?'. Mas ele não é, ele só está apaixonado", disse a atriz de 14 anos, que depois voltou atrás. "Acho que fiz uma análise precipitada. Assisti ao episódio 10 e ele definitivamente é um stalker."

Millie não foi a única a se deixar levar pelo jeito envolvente de Joe. Nas redes sociais, pipocam elogios para o psicopata. E também para os olhos azuis de Ted Bundy (1946-1989), considerado o maior serial killer da história dos Estados Unidos. A situação chegou a tal ponto que Penn Badgley, intérprete de Joe, precisou explicar em seu Twitter por que o personagem não deve ser admirado ou desejado.

Uma internauta de nome Malika chegou a pedir para que Badgley a sequestrasse. "Não, obrigado", cortou ele. Outra, Nobia Parker, disse que o sofrimento de Joe partia seu coração. "O que há nele que o torna tão especial?", questionou ela. "Primeiro: Ele é um assassino", explicou o ator, sem precisar enumerar um segundo motivo.

Segundo a psicoterapeuta Carla Salcedo, do Espaço Vivacità, não é incomum que as pessoas se deixem envolver por psicopatas. Pelo contrário, isso é justamente uma parte do que move esse tipo de comportamento social.

"Psicopatas são extremamente manipuladores, usam a arma da sedução o tempo todo. E, para o inconsciente humano, a sedução está relacionada ao desejo, que ignora a razão. Quando alguém é levado pelo desejo, age de forma irracional, quase animalesca. Mesmo que outra pessoa te diga que aquilo é errado, e você saiba disso, racionalmente, a sedução vai de encontro a tudo o que prega a razão", explica.

Carla, que assistiu à primeira temporada de You, conta que a série fez um ótimo trabalho na construção de Joe, o que acaba transformando o público em vítimas do psicopata tanto quanto Guinevere Beck (Elizabeth Lail), seu alvo na trama.

"O próprio roteiro vai ressaltando o que o Joe tem de brilhante e esquece o lado perverso dele. A série mostra o lado atencioso, o príncipe encantado... A pessoa mais carente compra aquilo, acha que é possível existir um homem assim, e esquece, ou prefere esquecer, todas as falhas de caráter", ressalta a psicoterapeuta.

E, assim como Beck, o público de You acaba caindo nas armações do criminoso. "Psicopatas são muito hábeis em perceber a sua fragilidade emocional. E trazem aquilo em abundância, você acaba ficando entorpecido, cego, não quer ver aquilo que o racional grita que é errado", diz Carla.

Vem mais psicopata sedutor por aí
Fazer o público se interessar pelo psicopata de You e por Ted Bundy não é o bastante para a Netflix. No próximo dia 14, a plataforma estreia Dirty John - O Golpe do Amor, série sobre uma decoradora bem-sucedida, Debra (Connie Britton, indicada ao Globo de Ouro deste ano pelo papel), que se envolve com John (Eric Bana), um homem aparentemente perfeito, que faz de tudo para satisfazê-la.

As filhas de Debra, Veronica (Juno Temple) e Terra (Julia Garner), não se deixam levar pelo papo sedutor de John, e tentam desmascará-lo diante da mãe. A trama é baseada em fatos reais, um indício de que há muitos psicopatas por aí.

"Temos registros de vários casos de mentes perversas, que não necessariamente chegam a matar, mas são capazes de tirar proveito de qualquer pessoa. Usam suas vítimas como se fossem meros objetos", conclui Carla Salcedo.

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Cinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas