Doom Patrol

Super-heróis desajustados da DC tentam não destruir o mundo em nova série

Divulgação/DC Universe

Os atores April Bowlby, Matthew Zuk, Riley Shanahan e Diane Guerrero lado a lado, como protagonistas de Doom Patrol

Rita, Larry, Cliff e Crazy Jane são os protagonistas desajustados de Doom Patrol, nova série do Cinemax

FERNANDA LOPES - Publicado em 19/03/2020, às 05h17

A TV nunca viu super-heróis tão bizarros e aparentemente sem função alguma. Em Doom Patrol, o time de poderosos é chamado de "superzeros", e suas características são tão monstruosas que eles passaram décadas confinados numa casa. Quando saem, precisam tomar cuidado para não destruírem o mundo enquanto tentam acabar com o mal.

A princípio, a estrutura da história de Doom Patrol, série do universo DC que estreia nesta quinta (19), às 21h, no Cinemax, lembra o esquema da franquia X-Men. Afinal, gira em torno de um grupo de desajustados que vive numa mansão isolada.

Todos eles sofreram mutações causadas por uma misteriosa criatura luminosa, que surgiu, por sua vez, durante um experimento científico nazista nos anos 1940. O grande mistério da trama é descobrir o que/quem exatamente é essa misteriosa força oculta e sobrenatural e como detê-la.

Cabe ao time de estranhos descobrir. Eles são: Rita (April Bowlby), uma ex-atriz de Hollywood dos anos 1950 que a qualquer momento se transforma em uma imensa gosma nojenta; Larry (Matt Bomer), um ex-piloto de avião dos anos 1960 que sobreviveu à queda e à explosão de sua aeronave (mas ficou com o corpo todo queimado e vive enfaixado como uma múmia).

Há também Crazy Jane (Diane Guerrero), uma mulher com 64 personalidades, e Cliff (Brendan Fraser), um ex-piloto de corrida que sofreu um grave acidente; apenas seu cérebro sobreviveu, e seu corpo é o de um robô enferrujado.

Na mansão, eles foram criados e "cuidados" por um cientista à la professor Xavier: o doutor Niles Caulder (Timothy Dalton), conhecido como The Chief. Ele manteve os desajustados trancados durante décadas, até que um dia eles saíram escondidos e quase destruíram uma cidade toda.

A força sobrenatural também decidiu persegui-los, e o grupo terá 15 episódios nesta primeira temporada para tentar combater o mal sem causar muitos desastres.

Doom Patrol é cheia de metalinguagem e sarcasmo, tenta rir de si mesma constantemente. Logo no início, o narrador faz graça do que virá pela frente. "Pronto para uma história de super-heróis? Mais super-heróis na TV. Exatamente o que o mundo precisa. Seja sincero. Você já está se enforcando?", diz.

Para quem gosta de fato de histórias de ação com heróis, a série é divertida, os mistérios são bem obscuros e as particularidades dos protagonistas, bem como suas relações pessoais, provocam curiosidade para saber como essas tramas vão se desenvolver. Mas não espere um roteiro impecável ou uma história muito inovadora. Afinal, é realmente mais uma série de super-heróis.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?
A Favorita (2008)
33.63%
Amor à Vida (2013)
21.26%
A Força do Querer (2017)
16.60%
Vou torcer pela volta de Amor de Mãe
28.51%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook