Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Succession: Quarta temporada promete fim digno para série arrasa-quarteirão

Divulgação/HBO

Jeremy Strong, Sarah Snook e Kieran Culkin em cena de Succession

Kendall (Jeremy Strong), Shiv (Sarah Snook) e Roman (Kieran Culkin) no quarto ano de Succession

Succession vai encerrar sua trajetória com a aguardada quarta temporada, que estreia neste domingo (26). Pelo que é apresentado no primeiro episódio, ao qual o Notícias da TV teve acesso antecipado, a série tem tudo para chegar ao fim no auge das intrigas familiares, com um dramalhão de bilhões --literalmente-- e o humor cínico que nunca deixa a desejar.

A trama segue a absurdamente rica família Roy no topo de um dos maiores conglomerados de mídia e entretenimento do mundo. Desde a primeira temporada, os herdeiros do patriarca Logan Roy (Brian Cox) disputam qual deles vai tomar o lugar do pai quando ele deixar seu império, mas o terceiro ano terminou com três dos sucessores mais prováveis do empresário expulsos de suas posições como os próximos da fila após uma conspiração frustrada para detoná-lo de vez. 

No começo da quarta temporada, porém, Kendall (Jeremy Strong), Shiv (Sarah Snook) e Roman (Kieran Culkin) estão com fogo nos olhos para uma vingança que tem tudo para abalar as estruturas do magnata.

A trama se aprofunda no relacionamento conturbado de Shiv e Tom (Matthew Macfadyen), enquanto os herdeiros tentam roubar um acordo que poderia dar ainda mais poder a Logan Roy.

O primeiro episódio deixa um sabor de envolvimento delicioso, que só Succession é capaz de oferecer. Mesmo com o avanço triunfal dos herdeiros Shiv, Kendall e Roman, todos os personagens têm espaço para brilhar. 

Greg (Nicholas Braun) se envolve em situações ridículas, que equilibram o clima pesado que envolve a família de bilionários constantemente em disputa. Já Tom se mete em uma posição questionável após trair a mulher na temporada anterior, e Bryan Cox continua conduzindo Logan Roy para um lugar de tamanha complexidade que é difícil saber se você deve sentir ódio ou pena do bilionário.

Por mais doloroso que seja saber que, após os dez últimos episódios da quarta temporada, não restará mais nada, Succession tem tudo para fechar seu ciclo como o dramalhão familiar genial que sempre foi, com seus toques impecáveis de humor. Adivinhar qual dos Roy (ou não) estará por cima da carne-seca no final dessa trama é impossível, mas cantar a bola de que uma nova leva de Emmys vem por aí não é tão difícil assim.

Assista ao trailer da quarta temporada de Succession:

TUDO SOBRE

HBO

HBO Max


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.