Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SUSPENSE

Série Hidden: First Born chega ao Brasil com história sobrenatural e perseguição

DIVULGAÇÃO

Jonas (August Wittgenstein) sem camisa e com uma mancha vermelha no peito gritando preso em uma cadeira em uma sala vazia em cena de Hidden: First Born

Jonas (August Wittgenstein) em cena de Hidden: First Born; série estreia no Brasil em 9 de julho

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 30/6/2021 - 9h51

O suspense sueco Hidden: First Born (Oculto: Primogênito, em tradução livre) será exibido no Brasil pela TNT Séries. O canal da TV paga irá apresentar a produção com história sobrenatural e perseguição a partir de 9 julho. A série será transmitida semanalmente, às sextas-feiras, a partir das 23h30.

A trama é original do serviço europeu Viaplay e da produtora Yellow Bird Film & TV. A primeira temporada passou entre julho de 2019 e maio de 2020, e um novo ano ainda não foi desenvolvido.

A história acompanha a jornada de Jonas Hellemyr (August Wittgenstein), que sofre fratura craniana após cair de uma construção. Ele é declarado morto no hospital, mas um milagre faz com que acorde. O passar do tempo mostra que o rapaz começa a desenvolver estranhos poderes. O protagonista tem a ajuda de Rebecka (Josefin Ljungman), ex-namorada e estudante de Medicina, para tentar entender o que acontece com seu corpo.

O caminho de Hellemyr fica cada vez mais perigoso quando passa a ser perseguido por um grupo que também tem habilidades especiais. A temporada mostra que ele faz parte de uma rede de mistérios, sociedades secretas e eventos sobrenaturais, com o personagem em busca de respostas ao mesmo tempo em que precisa sobreviver.

A temporada de Hidden: First Born conta com oito episódios, cada um com duração média de 40 minutos. A direção é de Jonathan Sjöberg, que também faz parte do time de roteiristas.

Veja o trailer (em inglês) da série:


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.