Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NA NETFLIX

Quase 40 anos depois, He-Man volta mais humano e com menos lição de moral

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

He-Man monta Gato Guerreiro segurando a espada com a mão esquerda em um salão e gritando

He-Man e o Gato Guerreiro em Masters of the Universe: Revelation; episódios começam a chegar em 23 de julho

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 13/5/2021 - 13h31

Quase 40 anos depois da estreia de He-Man e os Defensores do Universo, em 1987, a versão moderna do desenho promete ser mais humana e com menos lição de moral do que no passado. A continuação Masters of The Universe: Revelation (Mestres do Universo: Revelação, em tradução livre) é um projeto da Netflix, que apresentou informações e imagens da série animada nesta quinta-feira (13).

O conteúdo foi publicado em primeira mão na revista Entertainment Weekly, dos Estados Unidos. A parte inicial da primeira temporada, com cinco episódios, entra no catálogo do streaming em 23 de julho.

Comandada pelo cineasta Kevin Smith (O Balconista), a animação é uma sequência direta dos acontecimentos mostrados na atração que fez sucesso, inclusive no Brasil, nos anos 1980. Na trama, o príncipe Adam, filho da família governante de Eternia, continua a usar secretamente a Espada do Poder para se transformar em He-Man. O protagonista surge quando é necessário defender seu reino de ameaças, principalmente do vilão Esqueleto e suas forças.

Entre segredos da trama, Smith alertou para o detalhe de que apenas algumas figuras sabem o segredo de Adam. "Construímos toda a nossa história sobre quem foi deixado de fora do segredo e dos efeitos nocivos que isso pode causar. É um herói que tem que viver sob o engano para proteger aqueles que ama, mas é sobre como esse engano apodrece no âmago."

O cineasta assina como roteirista e integrante da equipe de produtores executivos. Segundo ele, as "algemas foram retiradas" para que fosse possível o maior desenvolvimento do universo da série e dos diferentes aspectos dos personagens. "Podemos vê-los se envolver não apenas em espadas, mas em conversas muito mais profundas do que jamais vimos antes."

"Não é apenas como se esses dois caras [He-Man e Esqueleto] estivessem tentando bateram um no outro por décadas. Podemos contar histórias de abuso, de isolamento, de tristeza. Usamos esses personagens desde que eles existem para contar histórias insanamente humanas ambientadas em um mundo muito desumano", explicou.

Smith ainda recordou que, em conversa com o diretor de séries original da Netflix Ted Biaselli, o executivo lhe pediu para que a nova versão do herói tivesse a seriedade necessária. "Ele disse: 'Faça-me um favor. Quando eu costumava assistir aos programas quando criança, eu pensava legitimamente que He-Man estava sempre a ponto de ser morto pelo Esqueleto. Apenas me faça acreditar nisso de novo'", contou. 

O estrelado elenco de vozes originais de Masters of The Universe: Revelation também foi apresentado. Há nomes como Mark Hamill (Star Wars), Lena Headey (Game of Thrones), Sarah Michelle Gellar (Buffy: A Caça Vampiros), Alicia Silverstone (As Patricinhas de Beverly Hills) e Chris Wood (Supergirl).

O desenho animado foi produzido pelo estúdio Powerhouse Animation (Castlevania).

Veja as primeiras fotos:

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Esqueleto terá voz de Mark Hamill

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Príncipe Adam

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Gorpo, Andra, Teela, Roboto e Evil-Lyn


Leia também

Web Stories

+
Lançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundoDe sequestro-relâmpago a surto de ciúme: Veja a história de Kyra e Alan em Salve-se Quem PuderDe buraco de minhoca à salvação do Tesseract: O que você precisa saber antes de ver LokiDe harmonização facial a Dança dos Famosos: Veja como está o elenco de A Gata Comeu

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor série nacional lançada em 2021?