Legendas bizarras

Na Netflix, Jim Carrey é Evandro Mesquita e loiro vira Hebe Camargo

Reprodução/Divulgação Globo

Série da Netflix trocou o nome do comediante Jim Carrey pelo do ator Evandro Mesquita - Reprodução/Divulgação Globo

Série da Netflix trocou o nome do comediante Jim Carrey pelo do ator Evandro Mesquita

REDAÇÃO - Publicado em 05/06/2017, às 05h30

Os telespectadores da segunda temporada de Master of None, no ar na Netflix desde o último dia 12, notaram um detalhe curioso na tradução de um diálogo: o protagonista cita o ator norte-americano Jim Carrey em sua fala, mas a legenda usa o nome do ator brasileiro Evandro Mesquita.

A escolha da plataforma de streaming causou estranheza nos fãs, que há tempos já reclamam e fazem piada das legendas ousadas, curiosas e até equivocadas da Netflix.

Em Master of None, a troca dos nomes dos atores faz sentido em língua inglesa (embora a piada não seja digna de aplauso). Em cena do terceiro episódio, Dev (Aziz Ansari) explica que, quando seus pais disseram que o levariam a uma mesquita islâmica, ele achou que iria ver o filme O Máscara (1997) com Jim Carrey.

Em inglês, máscara (mask) e mesquita (mosque) são palavras com pronúncias muito próximas. Na tradução, essa noção se perde, e a plataforma optou por trocar Carrey por Evandro Mesquita, o que deixou o telespectador um tanto confuso.

Essa, no entanto, não foi a primeira vez que a Netflix usou nomes conhecidos brasileiros em legendas de séries norte-americanas. Hebe Camargo e Dercy Gonçalves já apareceram em traduções de produções da empresa.

A Netflix também é constantemente criticada por fãs pelos nomes traduzidos e descontextualizados de episódios, séries e filmes, e pelo uso de expressões bizarras em legendas de gírias e palavras específicas do inglês.

Veja alguns exemplos de situações em que a Netflix se perdeu nas traduções:

reprodução/netflix

A loira Katie Cassidy foi chamada de Hebe Camargo em tradução de diálogo de Arrow

Celebridades nacionais em séries estrangeiras
Para deixar as tramas e diálogos mais próximos do telespectador brasileiro, a Netflix já usou nomes de celebridades nacionais em legendas. Em Grace and Frankie, por exemplo, a tradução usada para a descrição de uma menina que proferiu xingamentos em uma cena foi de "pequena Dercy Gonçalves". Já em Arrow, criminosos chamaram a personagem Canário Negro (Katie Cassidy) de Hebe Camargo, por conta de seu chamativo cabelo loiro.

reprodução/netflix

Dá para imaginar o riquinho Chuck Bass (Ed Westwick) dizendo algo como "show de bola"?

Expressões coloquiais
Para traduzir fielmente ao idioma de cada país as expressões e gírias usadas pelos personagens de séries norte-americanas, a Netflix conta com um banco de usuários que trabalham de suas próprias casas nas traduções das produções (é preciso ter pontuação excelente em um teste da própria empresa para se qualificar para a função). Ainda assim, algumas expressões causam estranhamento por ficarem claramente inapropriadas em relação ao contexto e à nacionalidade dos personagens.

Em How I Met Your Mother, por exemplo, a expressão "freak out" (geralmente traduzida com o verbo "surtar") foi trocada por "grilada", palavra pouco usada atualmente. Já em Gossip Girl, "pretty good" ("muito bom") virou "show de bola". Expressão difícil de se imaginar na boca dos personagens ricos e mimados da série.

reprodução/netflix

Legenda da Netflix fez confusão com título de doutor de Ross (David Schwimmer) em Friends

Troca de palavras
Além de curiosas e muitas vezes bizarras, algumas traduções também chegam a errar ou forçar a barra desnecessariamente. Há muitos relatos de usuários nas redes sociais reclamando de erros de digitação, grafia e sentido. Um exemplo foi quando Ross (David Schwimmer), de Friends, afirmou que é um "doctor". Ele quis dizer doutor, alguém que possui doutorado, mas a legenda mostra a palavra médico como tradução.

Já em Gilmore Girls, Rory (Alexis Bledel) fez um comentário irônico, dizendo que uma situação foi conduzida "com o tato de um stormtrooper nazista". A Netflix decidiu trocar stormtrooper pela palavra elefante. 

Nem o reality show Project Runway escapou das legendas incorretas: a frase "Richard outed me to my parents" (algo como Richard revelou aos meus pais que eu era gay) virou "Richard me mandou de volta para os meus pais". Difícil entender.

reprodução/netflix

As atrizes Scarlett Byrne e Kat Graham em cena de episódio de The Vampire Diaries

Nomes dos episódios
Os fãs mais assíduos de séries que fizeram sucesso na TV tradicional também ficam possessos com as traduções que a Netflix fez com títulos de alguns episódios. Na sétima temporada de The Vampire Diaries, por exemplo (a mais recente disponível na plataforma), o episódio 9 foi chamado de No Limite. Em inglês, o título é Cold as Ice _em tradução literal, "Frio Como o Gelo". O episódio 12 passou de Postcards From the Edge (algo como "Cartões-Postais do Abismo") para O Lado Sombrio.

reprodução/netflix

Jessica Lange na quarta temporada de American Horror Story, chamada Casa dos Monstros

Novos títulos
Os títulos de séries e filmes adquiridos pela plataforma de streaming também causam revolta dos fãs nas redes sociais. How To Get Away with Murder deixou muita gente confusa ao ser traduzida para Como Defender um Assassino. American Horror Story tem um subtítulo diferente a cada temporada, e a Netflix simplesmente adotou a palavra Casa no começo de quase todas. Asylum virou Casa de Repouso, Coven virou Casa das Bruxas, e Freak Show, expressão mais comumente traduzida como "show de horrores", virou Casa dos Monstros.

A tradução de Dear White People para Cara Gente Branca, ainda que correta, também causou estranhamento em alguns usuários, que a consideraram desnecessária. Outras séries originais da Netflix, como House of Cards e Unbreakable Kimmy Schmidt, por exemplo, não ganharam títulos nacionais.

Procurada desde quinta-feira (1º), a Netflix não se manifestou até a publicação deste texto.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você espera de O Sétimo Guardião?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook