Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SAGA DE LANGDON

The Lost Symbol: Série repete fórmula de sucesso com protagonista sem sal

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem de Ashley Zukerman como Robert Langdon na série The Lost Symbol

Robert Langdon (Ashley Zukerman) na série The Lost Symbol; ator não entrega carisma de Tom Hanks

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 10/10/2021 - 6h25

Sem Tom Hanks, as aventuras do professor Robert Langdon voltaram ao ar. Na série The Lost Symbol, o público embarca mais uma vez na fórmula de sucesso de Dan Brown com um mistério escondido entre símbolos maçônicos espalhados por Washington, D.C. O problema é que Ashley Zukerman, escalado como o novo protagonista da saga, não consegue entregar nem 1% do carisma do astro de Hollywood.

Na série exibida pelo streaming norte-americano Peacock, ainda sem previsão de estreia no Brasil, o docente da Universidade de Harvard recebe um convite para ministrar uma palestra na capital dos Estados Unidos. Porém, ao chegar ao local do evento, ele descobre que o amigo Peter Solomon (Eddie Izzard) foi sequestrado e que a viagem faz parte de um plano orquestrado por Mal'akh (Beau Knapp).

O vilão da trama acredita que Langdon é a única pessoa capaz de encontrar um antigo portal místico que proporcionaria poderes sobre-humanos e que estaria escondido entre símbolos maçônicos espalhados pela cidade. Com a ajuda de Katherine (Valorie Curry), filha de Solomon, o professor entra em uma jornada contra o tempo para conseguir resolver o enigma e resgatar o amigo.

Assim, a série repete a fórmula encontrada em todos os livros de Dan Brown e nas adaptações cinematográficas O Código da Vinci (2006), Anjos e Demônios (2009) e Inferno (2016). Com mais tempo de tela, por causa do formato de seriado, o mistério consegue ser aprofundado e o clima eletrizante da caçada prende o telespectador ao longo dos episódios.

Porém, a atuação de Zukerman joga no lixo a empatia conquistada pelo público nos longas com Hanks. Quem já leu os livros ou assistiu aos filmes com mais atenção, sabe que Robert Langdon não é apenas um personagem culto e inteligente, mas, sim, um galã de meia-idade que conta com carisma, poder de sedução e um forte lado humano, de um profissional que abriu mão de viver uma clichê romântico em nome da sua carreira.

Por exemplo, nas adaptações anteriores, o personagem usa um relógio de colecionador do Mickey Mouse. O que pode parecer uma besteira ou algo cafona para um homem na casa dos 40 anos. Mas, na verdade, a conexão do docente com os familiares é um lembrete para que ele mantenha um espírito jovem em seu coração, conforme explicado por Brown em O Código da Vinci.

Este detalhe aparece na série? Não. A trama prefere mostrar um Langdon que vive engravatado e com a mesma reação em todas as cenas, até quando uma arma está apontada para o seu rosto.

A impressão é que em The Lost Symbol Zukerman revive o papel do apático vilão Peter MacLeish em Designated Survivor (2016-2019). Porém, no novo projeto, o ator precisa fazer com que o público compre o personagem, não apenas o mistério principal da série. A trama segue em exibição nos Estados Unidos e, até o momento, o ator ainda não conseguiu alcançar este objetivo.

Confira o trailer de The Lost Symbol:


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas