UNIDADE BÁSICA

Lançada durante colapso de hospitais, série nacional faz campanha para o SUS

Pedro Saad/Universal TV

A atriz Ana Petta e o ator Caco Ciocler posam para foto de divulgação, com roupas de médico e estetoscópios no pescoço, no hospital cenográfico de Unidade Básica

A atriz e roteirista Ana Petta e o ator Caco Ciocler são os protagonistas da série Unidade Básica

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 15/05/2020, às 05h18

Inicialmente lançada em 2016, a série nacional Unidade Básica voltou à TV no início do mês com sua segunda temporada. Estrear uma atração médica em plena pandemia do novo coronavírus não estava nos planos da equipe, mas surgiu uma luz no fim do túnel: enquanto grandes hospitais entram em colapso por excesso de pacientes no mundo real, a produção coloca a saúde pública em uma ótica positiva para os brasileiros.

"Nós ficamos preocupados de lançar [a segunda temporada] nessa época, ia sair no ano passado mas não deu. Acabou batendo exatamente [com a pandemia]. Mas a coincidência acabou sendo legal por causa da valorização do SUS [Sistema Único de Saúde]. A série faz campanha sobre a importância do SUS, usado agora até por quem tem convênio", diz Newton Cannito, criador e showrunner da atração.

Unidade Básica é centrada em dois médicos: Paulo (Caco Ciocler) e Laura (Ana Petta, que criou a série juntamente com Canitto e a irmã, a médica Helena Petta). Na primeira temporada, Paulo era veterano na UBS em que a série se situa e transbordava carinho com seus pacientes, enquanto Laura, recém-formada e pragmática, estava mais interessada na cura do que nas relações humanas.

Na nova leva de episódios, uma nova gerente chega à UBS e muda a rotina de todos. Cilene (Fabiana Gugli) coloca a produtividade à frente dos pacientes, o que inverte a relação dos protagonistas. "Paula agora tem mais poder do que o Paulo. Se na primeira temporada ela aprendia com ele, agora virou do avesso", adianta Cannito.

Para o showrunner, exibir os oito episódios da série neste momento em que a saúde é o tema em voga também ajuda a desmistificar um pouco a figura idealizada do médico super-herói. "Não dá para negar que eles são, sim, heróis, estão na linha de frente. Mas também são humanos, fazem cagadas, curam pacientes, perdem outros. E não vão deixar de ser heróis por causa disso", ressalta ele.

Sem rivalidade com Sob Pressão

No longo hiato entre a primeira e a segunda temporadas, Unidade Básica ganhou um "concorrente" de peso: a série Sob Pressão, da Globo. A produção também apresenta dramas dos médicos e de seus pacientes em um hospital público. Mas Newton minimiza a rivalidade e confidencia que nem acompanha a outra atração.

"Vi só um pouco. De The Good Doctor eu gosto mais. Acho que Sob Pressão é mais ação, tem aquele drama do 'será que vai morrer?'. Nós fazemos um grande esforço para não ser uma série hipocondríaca. Eu sou ex-hipocondríaco, via House [2004-2012] e achava que estava com todas as doenças, ainda mais as assintomáticas. Acho que Unidade Básica é uma boa pedida para quem tem medo de série médica. É, essa é uma boa publicidade para o nosso trabalho (risos)", diverte-se o roteirista.

Por se passar em uma UBS, em que pacientes têm horário marcado e tudo é mais organizado, a atração também parece mais reflexiva e menos urgente --embora ainda apresente casos de vida ou morte.

"Falamos de doenças pouco abordadas, pressão alta, diabetes, que aumentam a vulnerabilidade. E acho importante falar da importância da prevenção, da medicina preventiva. A série aborda muito de onde vêm essas nossas rebeldias para não cuidar da saúde direito", explica Newton.

Em plena quarentena, a equipe de roteiros já avança nos textos para a terceira temporada --ou seja, os fãs não precisarão esperar mais quatro anos para ver novos episódios de Unidade Básica. "Dessa vez vai ser mais rápido. E, se tudo der certo, o canal vai encomendar mais temporadas. Histórias para contar não faltam!", promete.

A série, produzida pela Gullane Entretenimento a partir de um conceito da Fics (Fábrica de Ideias Cinematográficas), é exibida todos os domingos, às 23h, no canal pago Universal TV. Confira o teaser da atração:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook