Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

POLÊMICA DA DISNEY

Indignada com 'empregada na Disney', Fátima Bernardes critica Paulo Guedes

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A empregada doméstica identificada apenas como Raque em entrevista para a apresentadora Fátima Bernardes, durante o programa Encontro desta quinta-feira (13), na Globo

A empregada doméstica identificada como Raquel deu entrevista para Fátima Bernardes (dir.) nesta quinta (13)

REDAÇÃO

Publicado em 13/2/2020 - 11h16

Fátima Bernardes começou o Encontro desta quinta-feira (13) indignada com a fala de Paulo Guedes em respeito à alta do dólar e à relação do câmbio ao acesso de empregadas domésticas a viagens internacionais. A apresentadora lembrou o ministro da Economia do governo de Jair Bolsonaro que o país está com milhões de desempregados. "Acho que tem tanta coisa [mais importante] para a gente se preocupar nesse momento, né?", criticou.

Em declaração feita na noite de ontem (12) em Brasília, Paulo Guedes justificou a alta do dólar, que bateu o quarto recorde consecutivo em relação ao real ao atingir a marca de R$ 4,35, como uma coisa positiva para o país. "Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia, uma festa danada. Pera aí", disse o político. 

No pensamento do ministro, os brasileiros passarão a viajar pelo próprio país, o que estimula o turismo local. "Vai passear ali em Foz do Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, está cheio de praia bonita", exemplificou ele. 

Fátima começou a atração da Globo com o quadro Nuvem de Palavras, que mostra os assuntos mais comentados no Twitter. Os termos "Paulo Guedes" e "Disney" figuravam como destaques no telão. Na sequência, a apresentadora foi entrevistar uma empregada doméstica que estava na plateia. 

Identificada apenas como Raquel, a mulher foi questionada pela apresentadora se já teria ido para a Disney. "Não, mas eu não entendi a colocação do ministro de diminuir a nossa classe. Tenho certeza que foi uma doméstica que criou o filho dele, fez comida pra ele, e ela não merece ir pra Disney?", disparou a convidada. 

"Eu pretendo levar meus filhos para viajar. Nós ficamos indigadas, porque ter um ministro da Economia com esse pensamento nós não aceitamos", completou Raquel.

"Olha, eu acho que você pode ir pra Disney, pro Nordeste, você pode ir pra qualquer lugar. Quem diz para onde a gente vai é a gente, principalmente as pessoas que trabalham honestamente e ganham seu dinheiro honestamente", consolou Fátima Bernardes, que foi aplaudida pela plateia.

"Com o dólar alto não é só a viagem que fica ruim, fica ruim pra todo mundo", completou a titular do Encontro. "Como se viajar pelo Brasil estivesse fácil, né, Fátima?", acrescentou o colega de programa André Curvello, em referência aos preços altos de pacotes de viagem para o Nordeste.

"Muitas vezes se opta pelo exterior porque fica mais barata a passagem, né", concordou ela. Fátima encerrou a discussão e continuou o programa.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?