Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RUPERT GRAVES

Galã dos anos 1980 vira 'James Bond dos quadros' em nova fase de Riviera

Divulgação/Fox Premium

De óculos escuros e terno, Rupert Graves está encostado em um pilar de pedra

Rupert Graves esbanja charme na terceira temporada de Riviera, que estreia nesta terça (8)

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 8/12/2020 - 6h45

Gravada em locais paradisíacos do sul da França, a série Riviera se destaca por seu visual belíssimo. E, em sua terceira temporada, que estreia nesta terça (8), o ator Rupert Graves, galã de filmes como Uma Janela para o Amor (1985) e Maurice (1987), se junta ao elenco como um aliado --e colírio-- para Georgina, a protagonista vivida por Julia Stiles. Ele define o personagem como uma espécie de James Bond das artes plásticas.

O artista de 57 anos interpreta Gabriel Hirsch, um profissional que recupera quadros roubados para seus donos. Ele é especialista em obras tiradas das vítimas do Holocausto. "É um trabalho que exige que Gabriel seja meio detetive, com muita papelada e um pouco de James Bond, indo atrás das artes que outros roubaram. Ele é interessante porque é imprevisível", adianta.

O expert em quadros, aliás, será o responsável por levar Georgina de volta à Riviera --ela deixou o local depois de muitos traumas nas duas primeiras temporadas, e agora trabalha como professora em uma faculdade. "Por causa da reputação dela, Gabriel vai a uma de suas aulas para recrutá-la. Ele a convida para ser sua sócia, e é assim que a relação dos dois começa. Ele quer usar a inteligência, a coragem e os contatos dela", explica Graves.

Logo de cara, os dois vão para Veneza tentar recuperar um quadro roubado de Pablo Picasso (1881-1973). "Mas algo dá bem errado, e isso abre uma grande aventura que vai durar toda a temporada", diz ele, sem dar mais spoilers.

Ele revela, porém, que as sequências de ação em Veneza estão entre as suas favoritas. "Nós corremos muito pelas ruas à noite. Gravávamos até 5h ou 6h da manhã, e ainda estava escuro e não tinha ninguém por lá. As caminhadas de volta para o hotel estão entre as jornadas mais mágicas e bonitas da minha vida."

Um homem simples, Graves não se impressiona com o lado luxuoso de Riviera. "É só isso que o dinheiro pode comprar, um mundo de fantasia. Eu não fico me remoendo por causa de luxo", alfineta ele, que ainda entrega que as gravações não são tão glamorosas quanto parecem. "Rodamos em uma casa muito chique em Saint-Tropez, chamada Octopussy, mas o engraçado de trabalhar em lugares assim é que você não pode se sentar no sofá nem beber um gole de água. É tudo muito regrado."

De olho nas artes

Para incorporar Gabriel, Rupert Graves mergulhou fundo no mundo dos chamados "repatriadores de arte", que ele achou fascinante. "É um mundo que envolve muito dinheiro e poucas leis. O valor dos quadros depende de gosto pessoal, e isso pode ser alavancado de um jeito que nenhum outro negócio consegue, nem mesmo filmes ou músicas", define.

"É uma oportunidade maravilhosa para quem quer ganhar bastante quase que vendendo uma ilusão, uma mágica. Você vende ideias, conceitos, do mesmo jeito que joalheiros vendem ouro ou safiras." 

A terceira temporada de Riviera estreia nesta terça, às 22h15, no Fox Premium 2, com episódio duplo. Além de Julia Stiles e Rupert Graves, o elenco também conta com nomes como Poppy Delevingne e Jack Fox. Confira o trailer (em inglês):


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas