Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Drama zumbi

Faroeste, mulheres no comando e adeus de xerife: Sete novidades de Walking Dead

Imagens: Divulgação/AMC

Norman Reedus e Andrew Lincoln se abraçam nos bastidores da oitava temporada de Walking Dead - Imagens: Divulgação/AMC

Norman Reedus e Andrew Lincoln se abraçam nos bastidores da oitava temporada de Walking Dead

JOÃO DA PAZ

Publicado em 23/7/2018 - 5h46

A nona temporada de Walking Dead promete mexer com as estruturas da série. Desde uma nova showrunner, a mente por trás de cada episódio, até o adeus do protagonista Andrew Lincoln (o xerife Rick Grimes), o drama zumbi será repaginado. Ficará mais feminino, cortará luxos como carros e terá a volta de um dos personagens originais.

Confira sete novidades da próxima temporada de Walking Dead, que estreia em 7 de outubro:

Adeus de Rick (e de Maggie também?)
The Walking Dead sofrerá a perda mais significativa de sua história. O ator britânico Andrew Lincoln aparecerá em apenas seis episódios. Seu contrato com a série vence no fim da temporada, e ele não vai renovar.

O caso de Lauren Cohan, a Maggie, está parcialmente definido. Após uma tensão e briga por aumento de salário, a atriz fechou com o canal AMC e estará em seis dos oito episódios da primeira metade da nona temporada. Depois disso, seu futuro dependerá do sucesso de Whiskey Cavalier, nova série da rede ABC da qual será protagonista. Se a produção vingar, Lauren deverá deixar o elenco do drama zumbi.

Liderança feminina
A série tem uma nova comandante por trás das câmeras. Sai Scott Gimple e entra Angela Kang. Ela será a showrunner, e esse olhar diferente terá um efeito imediato, pois as mulheres terão mais espaço na temporada.

"Nós veremos as mulheres dando as cartas", falou Kang para a revista Entertainment Weekly. "E teremos muitas histórias de liderança com Maggie, Michonne [Danai Gurira] e Carol [Melissa McBride]."

Em tese, um personagem só deixa Walking Dead quando é morto (Morgan é a exceção à regra). No caso de Maggie, Kang deu a entender que não matará a líder de Hilltop, mesmo se Lauren decidir deixar a série. Isso para manter aberta a possibilidade de a atriz voltar em uma participação especial no futuro.

Salto no tempo
O fim da temporada passada de Walking Dead marcou a conclusão de um ciclo. "Serviu como uma conclusão das oito primeiras temporadas", disse Scott Gimple para a Entertainment Weekly.

A nona temporada dará um salto no tempo de dois anos, seguindo o mesmo arco da história pós-guerra total apresentada na HQ homônima na qual a série é baseada.

Michonne (Danai Gurira) anda de cavalo na nova temporada; visual faroeste na trama zumbi

Sobrevivência arcaica
Essa nova fase trará uma escassez de recursos para os sobreviventes. "Eles usarão cavalos e carroças no lugar de carros. A iluminação será feita com lamparinas. As pessoas vão usar armas diferentes, como facas e arcos, porque as balas de revólver estarão em falta", adiantou Kang. Segundo ela, o visual será como um faroeste, pois "a tecnologia vai começar a desmoronar."

Novos rostos
Oito personagens da HQ aparecerão na nova temporada. Magna (Nadia Hilker), líder de um grupo de sobreviventes em Washington; Yumiko (Eleanor Matsuura) e seu arco e flecha; a surda Connie (interpretada pela atriz Lauren Ridloff, também surda); a dupla de jovens amigos Ken (nome do ator não divulgado) e Marco (Gustavo Gomez); Luke (Dan Fogler), o leal seguidor de Magna; e o ferreiro Earl (John Finn).

A adição mais importante é de Alpha. A atriz Samantha Morton, indicada ao Oscar pelo filme Poucas e Boas (1999), foi escolhida para interpretar a vilã, líder dos Sussurradores e principal antagonista desta temporada.

Volta de Shane
Os fãs de Walking Dead verão um rosto familiar nos novos episódios. Jon Bernthal, o Shane, voltará a viver seu personagem, um dos originais do drama zumbi. Como o amigo de Rick Grimes morreu, sua aparição deve ser em flashback ou numa alucinação do xerife. Os dois eram parceiros desde os tempos de escola, e Shane teve um caso com a mulher de Grimes, Lori (Sarah Wayne Callies).

Ator vira diretor
Outro ator querido retornará para Walking Dead, mas apenas atrás das câmeras. Michael Cudlitz, o Abraham, irá dirigir um episódio da nona temporada. Será a primeira vez que uma estrela de Walking Dead comanda um dos capítulos da série. Cudlitz interpretou o ruivo rabugento durante três temporadas.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?