Na Netflix

Ex-Grey's Anatomy supera 'maldição' e rouba a cena na oitava temporada de Suits

Imagens: Divulgação/USA Network

Lembra-se dela? Katherine Heigl, a Izzie de Grey's Anatomy, em cena da oitava temporada de Suits - Imagens: Divulgação/USA Network

Lembra-se dela? Katherine Heigl, a Izzie de Grey's Anatomy, em cena da oitava temporada de Suits

JOÃO DA PAZ - Publicado em 25/10/2018, às 05h17

De salto alto, vestida para arrasar e com um rebolado de diva. É assim que Katherine Heigl rouba a cena na oitava temporada de Suits. Ex-Grey's Anatomy, ela supera a "maldição" supostamente rogada pela produtora Shonda Rhimes e responde com estilo à missão de entrar na série no ano em que a atração perde dois atores, Patrick J. Adams (o Mike Ross) e Meghan Markle (a Rachel Zane), hoje a duquesa de Sussex.

Sem a dupla que estava na história desde o início, a primeira parte da oitava temporada (dez episódios) estreia nesta quinta (25), na Netflix. Será a primeira vez em oito anos que o público brasileiro verá Katherine em uma série. Os flops State of Affairs (2014-2015) e Doubt (2017) não foram exibidos por aqui.

A eterna Izzie de Grey's Anatomy superou os fracassos porque recebeu em Suits uma boa personagem que chegou com tudo, já tomando um lugar na janela. Ou melhor, na fachada da firma. A intrépida Samantha Wheeler almeja ver seu sobrenome em destaque no escritório, agora chamado de Zane Specter Litt, após uma nova fusão.

Katherine se destaca porque Samantha interage com todos os personagens principais de Suits. Ela demonstra ter pulso firme e é persuasiva. Turrona às vezes, passa a impressão de ser mala. A advogada bate de frente com Alex Williams (Dulé Hill), seu rival para virar sócio com o sobrenome na parede.

A postura intimidadora de Samantha assusta Harvey Specter (Gabriel Macht), o mentor de Alex. Ele reluta em aceitar a nova advogada, desconfiando de que a loira esconde alguns podres que pode prejudicar a firma.

Esse sentimento também é compartilhado por Donna Paulsen (Sarah Rafferty), secretária de Harvey. Ao menos com ela, Samantha consegue brechas para mostrar que não é uma ameaça.

Do lado da advogada loira está o colega Robert Zane (Wendell Pierce), pai de Rachel, recém-nomeado sócio da firma de Harvey, com direito ao sobrenome na placa. Robert sabe de todos os trequejos de Samantha e observa, de perto, seu entrosamento no novo emprego.

Samantha (Katherine Heigl) conversa com Donna Paulsen (Sarah Rafferty) na série Suits

Orgulho goela abaixo
Nos bastidores de Hollywood, Katherine Heigl é conhecida por seu estrelismo. E não há falta de exemplos. Sua saída de Grey's Anatomy, série que a consagrou, interpretando uma das personagens mais queridas dos fãs, foi polêmica. Única atriz do drama hospitalar com um Emmy, ela se recusou a se inscrever para a premiação de 2009 por alegar não ter recebido um material digno do Oscar da TV.

No ano seguinte, 18 meses antes do fim do seu contrato, ela deu adeus à criação de Shonda Rhimes. Há quem acredite que a rainha das produções dramáticas jogou uma maldição na atriz. Pior que por um bom tempo não era exagero defender isso.

A atriz vinha de uma boa sequência no mundo do cinema ao emplacar sucessos de comédia romântica, como Ligeiramente Grávidos (2007), Vestida para Casar (2008) e A Verdade Nua e Crua (2009). Porém, após a "maldição", sua carreira degringolou. Chegou a fazer um filme, Como Agarrar Meu Ex-Namorado (2012), que teve uma bilheteria mundial menor do que o custo (US$ 34 milhões).

Katherine tentou voltar à TV e quebrou a cara com duas atrações ruins: State of Affairs e Doubt, que foi cancelada logo após o segundo episódio ir ao ar, na rede CBS.

Então apareceu Suits, emprego que ela teve de pedir. Acabou dando certo porque a advogada Samantha tem um certo destaque mesmo em um papel secundário. Exatamente o que ela precisava, ser complemento em uma atração consagrada, em vez de liderar uma série nova.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook