Adeus lacrador

Demissões e tragédias: Como Grey's Anatomy se despede de seus personagens

Imagens: Divulgação/ABC

Eric Dane (à esq.), Ellen Pompeo e Patrick Dempsey em cena marcante de Grey's Anatomy - Imagens: Divulgação/ABC

Eric Dane (à esq.), Ellen Pompeo e Patrick Dempsey em cena marcante de Grey's Anatomy

JOÃO DA PAZ - Publicado em 17/05/2018, às 05h41 - Atualizado às 22h16

[Atenção: este texto contém spoilers]

A série Grey's Anatomy é conhecida por não economizar no drama nas despedidas de personagens, sejam eles demitidos ou vítimas de acidentes trágicos. Os fãs, calejados com as peripécias da produtora Shonda Rhimes, deram adeus a duas médicas queridas: Arizona Robbins (Jessica Capshaw) e April Kepner (Sarah Drew). Elas saíram da trama nesta quinta-feira (17), no final da 14ª temporada.

Tanto Arizona quanto April tiveram um final feliz; ambas pediram as contas. A primeira porque decidiu se mudar para Nova York e ficar próxima da filha. E a segunda para "fazer o trabalho de Deus" (prover assistência médica a moradores de rua), missão que assumiu após sofrer acidente e ser ressuscitada pelos médicos.

Durante 13 anos, Shonda tem brincado de Deus e escolhido como deve ser o destino dos personagens que deixam a história. São despedidas lacradoras, marcadas por tragédias e barracos.

Acidentes
As quatro mortes mais marcantes de Grey's foram consequências de acidentes. A primeira vez em que o fã teve de lidar com uma tragédia envolvendo um protagonista foi na quinta temporada. No último episódio, o médico George O'Malley (T.R. Knight) foi salvar uma mulher de um atropelamento e... acabou atingido por um ônibus.

Na oitava temporada, um acidente de avião deixou vários médicos do hospital Seattle Grace Mercy West feridos. Lexie Grey (Chyler Leigh), meia-irmã de Meredith Grey (Ellen Pompeo), morreu no local. Seu marido, Mark Sloan (Eric Dane), até sobreviveu ao fim da temporada, mas teve hemorragia interna alguns episódios depois. Em homenagem ao casal, o hospital foi rebatizado de Grey Sloan Memorial.

O cirurgião Derek Shepherd (Patrick Dempsey) minutos antes de se envolver em um acidente

Mas, inegavelmente, a morte que mais abalou os fãs foi a de Derek Shepherd (Patrick Dempsey), o protagonista masculino da série. Seu último suspiro ocorreu na 11ª temporada, mesmo com o ator contratado para atuar na 12ª. Shonda decidiu matar o personagem após um acidente de carro e acabar de vez com o romance central do drama, entre ele e Meredith. Sua explicação para a tragédia é interessante.

"Para colocar um fim na história [de Derek], eu não poderia transformá-lo em um cara mau, que abandona a mulher e os filhos. Isso iria sugerir que o amor entre eles não era verdadeiro e que durante 11 anos a mística de McDreamy [apelido do personagem] era uma mentira", disse ela à imprensa em 2015.

"[Matá-lo] foi a única maneira de manter viva a magia de Meredith e Derek, agora eternamente congelada no tempo", completou a produtora.

Demissão e desaparecimento
As decisões criativas sobre como terminar a história de um personagem são cruciais e não tão simples de serem feitas. Qualquer caminho adotado reflete em quem continua vivo e afeta a trama.

Ellen Pompeo (de costas) com Sandra Oh na despedida da atriz que deu vida a Cristina Yang

Um caso curioso é o da médica favorita dos fãs, Cristina Yang (Sandra Oh). Ela saiu de cena após dez temporadas em grande estilo: foi trabalhar em um hospital na Suíça. A médica ainda é citada pelos ex-colegas na trama, principalmente por Meredith, de quem era mais próxima.

Outros personagens continuam vivos no universo da história, mas agora moram longe de Seattle. É assim com Nathan Riggs (Martin Henderson), sossegado em Malibu, e com Callie Torres (Sara Ramirez), moradora de Nova York.

Há ainda personagens que pediram as contas, seja para viajar e descansar um pouco (Stephanie Edwards, vivida por Jerrika Hinton) ou após se desentenderem com colegas de trabalho e com a namorada (Hahn, interpretada por Brooke Smith).

Entre as demissões, há casos interessantes, como uma que ocorreu por amor, envolvendo a cirurgiã Teddy Altman (Kim Raver), e outra por incompetência mesmo. O segundo caso foi com Leah Murphy (Tessa Ferrer), que não tinha nenhuma habilidade para ser médica. Ela deixou o hospital, se aprimorou e depois retornou ao programa de residentes.

Que fim levou?
Brigas nos bastidores fizeram Shonda desaparecer com dois personagens. Estrela dos primeiros anos de Grey's, Isaiah Washington causou ao se envolver em uma polêmica sobre a homossexualidade do colega T.R. Knight. Chegou a xingá-lo na noite em que a série ganhou o Globo de Ouro, em 2007.

A saída do personagem foi épica: Burke abandonou sua noiva, Cristina, no altar e fugiu. Os fãs ficaram seis temporadas sem saber o paradeiro do cirurgião. Só no décimo ano descobriram que ele estava vivendo em Zurique, Suíça, antes de se mudar para Milão, Itália.

Última cena de Katherine Heigl em Grey's Anatomy; única atriz da série a vencer um Emmy

Já a confusão com a icônica Izzie (Katherine Heigl) foi ainda maior. A atriz brigou com Shonda depois de não se inscrever para o Emmy de 2009, alegando que não tinha recebido material digno de concorrer ao prêmio. Todos esperavam que a criadora mataria Izzie, diagnosticada com câncer, na quinta temporada. Mas a personagem acabou sobrevivendo.

Katherine deixou a série na sexta temporada, um ano e meio antes do seu contrato terminar. A última fala de Izzie resume um pouco a tensão criada. Meredith pediu para Izzie continuar no hospital, dizendo que ali era a sua casa. "Não é não", retrucou ela. "Não mais. Aqui é apenas um lugar em que eu trabalhei, e eu posso fazer isso em qualquer outro lugar".

Ninguém sabe onde Izzie foi parar, e essa não é uma pergunta que Shonda gosta de ouvir. Em 2015, em entrevista para o site TV Line, ela foi seca ao responder se a personagem poderia retornar. Deu um sonoro "não".

Curiosamente, Katherine Heigl foi a única integrante do elenco fixo de Grey's a ganhar um Emmy: ela levou a estatueta de melhor atriz coadjuvante em 2007.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook