Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Todas as Mulheres do Mundo

Emilio Dantas revela seu lado feminino e diz que entende dramas das mulheres

Reprodução/TV Globo

O ator Emilio Dantas olha para o horizonte em cena do primeiro episódio de Todas as Mulheres do Mundo

O ator Emilio Dantas em cena do primeiro episódio de Todas as Mulheres do Mundo, no papel de Paulo

FERNANDA LOPES

Publicado em 22/4/2020 - 5h24

Emilio Dantas aprendeu muito ao viver o protagonista da série Todas as Mulheres do Mundo, que estreia nesta quinta (23) no Globoplay. O personagem dele é um homem que se apaixona loucamente por uma personagem diferente a cada episódio. O ator diz que esse trabalho o ajudou a entender melhor as mulheres e as emoções "femininas" que considera ter.

"O feminino que eu tenho é o que todo mundo tem. O lance é o quanto de abertura ou atenção você dá pra isso. Acredito que toda energia de cuidado, afeto, compaixão, é feminina, enquanto coragem e ímpeto são energias masculinas. E elas residem no mesmo ser [homem ou mulher]. Acho que é todo esse meu lado, evoluído ou não. A questão do afeto, de uma capacidade de empatia", filosofa.

Na série, baseada no filme homônimo de Domingos de Oliveira (1936-2019), lançado em 1966, as mulheres com quem o personagem Paulo vive histórias de amor são muito diferentes entre si, mas têm algo em comum: são sempre elas que o abandonam, que decidem dar um fim aos relacionamentos.

Emilio, de 37 anos, diz que um grande desafio que teve com o papel foi desconstruir conceitos machistas e de objetificação das mulheres. Agora, ele confessa que entende o lado delas, tanto na ficção quanto na vida real.

"A minha geração passou pelos anos 1980 e 1990, quando mais se objetificou as mulheres. É difícil pra gente trocar a chave. Minha maior dificuldade foi aceitar que é preciso mudar tudo isso. Você pode tentar defender seus velhos e péssimos habitos por um carinho, por aquilo ter sido sua realidade por muito tempo. Mas hoje eu penso que o que eu quero é conhecer todo mundo. Querer todas as mulheres do mundo é muito mais profundo e heroico do que a gente imagine", comenta.

"Para essa série, tive que abrir minha cabeça pra muita coisa, me rever como homem, rever relacionamentos, conexões que a gente faz. Eu me identifiquei com quase todas [as histórias de amor da série], inclusive com as mulheres. Entendi muitas vontades de ir embora, que o homem às vezes não entende. Às vezes é um ser que está querendo outras coisas", complementa ele.

Atualmente, Emilio é casado com a atriz Fabiula Nascimento, e os dois estão em casa, cumprindo o isolamento social para evitar o contágio pelo coronavírus (Covid-19). O ator acredita que as histórias e paixões da série vão gerar identificação e conversas de bar entre os telespectadores. "Vai ser um debate bom, que ninguém perde o gosto de tentar entender e ensinar", promete.

Os 12 episódios de Todas as Mulheres do Mundo estarão disponíveis no Globoplay nesta quinta (23). No mesmo dia, a Globo exibirá o primeiro episódio após o BBB20.


Saiba tudo que vai acontecer nos próximos capítulos das novelas no podcast Noveleiros

Listen to "#10: Final de Avenida Brasil e grande segredo de Novo Mundo revelado!" on Spreaker.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?