Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

RECAP S09EP01

De volta, 9ª temporada de Chicago Fire levanta bandeira do empoderamento

REPRODUÇÃO/NBC

A personagem Stella Kidd (Miranda Rae Mayo) olha séria em cena da série Chicago Fire, da NBC

Em uma volta mais 'milituda', Chicago Fire enaltece a força de Stella Kidd (Miranda Rae Mayo)

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 17/11/2020 - 20h01

No primeiro capítulo de sua nona temporada, que estreou nos Estados Unidos na semana passada, Chicago Fire levantou a bandeira do empoderamento de mulheres e negros através de Stella Kidd (Miranda Rae Mayo). Motivada a dar continuidade ao programa Girls on Fire, a bombeira impressiona ainda mais Boden (Eamonn Walker) nessa nova fase.

Apesar da pandemia da Covid-19 --mencionada na série-- que acomete a cidade, a namorada de Severide (Taylor Kinney) se mostra ainda mais determinada a seguir com seu projeto de incentivo para que garotas novas se tornem bombeiras como ela. 

A postura combativa da profissional atiça o chefe do 51º agrupamento a perceber a estrela em ascensão que ele tem na equipe, o que fica ainda mais claro durante um incêndio que coloca a vida de Severide em jogo.

É Stella quem consegue salvar o namorado após pensar rápido durante o resgate, quando ele fica preso em meio a chamas e escombros. Boden, então, constata como a corporação precisa de mais mulheres e negros no comando e pede para a pupila treinar para se tornar uma chefe também.

Stella é chamada pelo capitão para uma conversa, que visa incentivá-la a virar uma líder. Ele mostra uma foto antiga da primeira companhia de bombeiros negros de Chicago.

"Em 1872, eles tinham toda a cidade de olho neles, esperando por qualquer erro, qualquer defeito, qualquer razão para expulsá-los [da corporação]. Então eles fizeram da missão deles ser o primeiro caminhão em qualquer incêndio. E eles foram. Corajosos, destemidos, fortes, bombeiros que fizeram história. E eles não estão esquecidos", recita Boden. 

"Estou te contando tudo isso porque não existem mulheres suficientes, ou pessoas de cor, em posições de liderança dentro do Departamento do Corpo de Bombeiros de Chicago (Chicago Fire Department/CFD). Então, quando o teste para tenente lhe for oferecido daqui alguns meses, eu quero que você o faça", explica o chief (chefe, em inglês).

"Você acha que estou pronta?", questiona Kidd. "Stella Kidd, você é corajosa, inteligente, feroz e honrosa. Essa é a verdadeira definição de um líder. Está na hora de todo mundo notar isso", completa o veterano, orgulhoso. 

Romance de Brett e Casey

Além do foco em Kidd, o retorno da 9ª temporada de Chicago Fire também mostra o desenvolvimento do (ainda) possível romance entre Brett (Kara Killmer) e Casey (Jesse Spencer), que ficou em aberto nas últimas temporadas.

O tenente se oferece para proteger a paramédica quando ela sofre ameaças de um viciado em drogas e chega a passar a noite na casa dela. Mas o flerte fica só no ar de novo, já que nenhum deles decide tomar uma atitude. 

No final do capítulo de estreia, Brett sofre um acidente quando o viciado em drogas faz a paramédica cair de uma ponte enquanto ela dirige a ambulância 61. No teaser do segundo capítulo, Casey corre desesperado para tentar salvar a amiga e chega a pular do caminhão de bombeiros em movimentos. 

TUDO SOBRE

Chicago Fire

NBC


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?