Fica a dica

De fofocas a zoeira: Como The Office ajuda a matar a saudade do trabalho

Imagens: Reprodução/NBC

De camisa branca e graveta preta, John Krasinski observa Rainn Wilson mexendo em um computador na série The Office

Os atores John Krasinski e Rainn Wilson na comédia The Office, ideal para matar a saudade do trabalho

JOÃO DA PAZ - Publicado em 20/03/2020, às 05h34

Sim, é possível sentir saudade das fofocas do trabalho. E da zoeira, então? A estratégia de muitas empresas de colocar funcionários no home office nesta semana, uma tática contra a propagação do novo coronavírus, distanciou colegas. E, assim, foi-se aquele contato e as experiências só possíveis dentro de um escritório. Para quem está em quarentena, a comédia The Office (2005-2013) é uma ótima pedida para aliviar essa saudade.

Todas as nove temporadas da série estão disponíveis no Prime Video, o streaming da Amazon, e no Globoplay. O telespectador acompanhará em The Office o dia a dia de uma subsidiária da Dunder Mifflin Paper Company, empresa fornecedora de papel.

Mas o que a companhia faz é o que menos importa na série, que foca nas relações dos empregados. A comédia tem de tudo, desde um chefe mala ao colega sabichão, passando pelas pegações corriqueiras. Quem trabalha em um escritório, ou já bateu ponto em um no passado, vai se identificar com algum dos personagens.

The Office tem um estilo de gravação que dá um tchan a mais. A série foi rodada como se fosse um documentário, e os personagens chegam a olhar para as câmeras e também dão depoimentos sobre o que está ocorrendo. Isso faz com que o telespectador se sinta dentro da empresa, como se ele fosse um funcionário, só observando as ações e reações dos companheiros de trabalho.

Quebra de rotina

Na Dunder Mifflin, nenhum dia é igual ao outro: reuniões marcadas às pressas sem nenhum assunto relevante, discussões sobre o que fazer na despedida de um funcionário, fantasias para o Dia das Bruxas. Rola até um prêmio anual, batizado de Os Dundies, com condecorações peculiares, para dizer o mínimo, que celebravam Quem Fez um Bom Trabalho ou elegia o Bumbum Mais Firme.

As ideias mais malucas vinham da mente de Michael Scott (Steve Carell), o chefão da turma. O público que assistir a The Office pela primeira vez pode ficar tranquilo: Michael representa todo tipo de chefe de que se tem notícia. Dá para notar no personagem traços do patrão (ou patroa) de qualquer empregado.

Totalmente incompetente, Michael comanda sua equipe sem qualquer habilidade gerencial. Ele prioriza a vida pessoal e chega a dar um ultimato aos colaboradores, exigindo que encontrassem uma namorada para ele dentro de uma hora --caso falhassem na missão, seriam todos demitidos.

Michael quer ser próximo dos seus funcionários a todo custo, do tipo que janta junto após o expediente --algo que os outros não desejam. É o tipo de chefe que usa uma caneca com a frase O Melhor Chefe do Mundo, que ele deu para si mesmo.

Mas verdade seja dita: Michael tenta agradar aos empregados da Dunder Mifflin, fazer com que eles se sintam confortáveis no ambiente de trabalho. Às vezes, isso dá certo. E ele ainda revela alguns lampejos de compaixão ao longo de sua gestão.

Angela Kinsey e Jenna Fischer na comédia The Office; uma é austera e a outra, bem-humorada

Além do chefe caricato, The Office retrata outras figuras clássicas de um escritório. Dwight (Rainn Wilson) é o sabe-tudo e puxa-saco do chefe. Já o brincalhão Jim (John Krasinsky) e a reservada e bem-humorada Pam (Jenna Fischer) formam o casal que se conheceu na empresa. Tudo começa com uma paquera inocente e culmina em um casamento --o público acompanha todo o romance se desenvolver.

Angela (Angela Kinsey) faz o papel da funcionária maldosa com todo mundo, sempre de semblante fechado. Ryan (B.J. Novak) entra como o novato que não entende bem como funciona a engrenagem do escritório. Kevin (Brian Baumgartner) é o cara que faz comentários pelas costas, com muita franqueza. Tem ainda Meredith (Kate Flannery), com bastante história para contar. E Toby (Paul Lieberstein), sempre solícito e com problemas no casamento.

Trabalhadores que estão de quarentena e que só podem se conectar com os amigos do trabalho virtualmente pelas redes sociais têm em The Office a grande chance de relembrar alguns momentos vividos na firma e dar bastante risadas em um período do ano que está bastante tenso, mas vai passar!

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook