ERI JOHNSON

Ator encara 1.300 quilômetros e 14 horas de viagem para escapar de coronavírus

FERNANDA PORTELLA/DIVULGAÇÃO

O ator Eri Johson em frente ao cenário da Loterj de Prêmios na Record

Eri Johnson apresenta o Loterj de Prêmios na Record Rio; ator viaja de Goiás para participar da atração

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro - Publicado em 20/03/2020, às 05h31

O coronavírus conseguiu tirar Eri Johnson das partidas de futevôlei à beira-mar no Rio de Janeiro. O ator mora atualmente em Goiânia (GO) e encara uma jornada de 14 horas de carro para apresentar um programa na afiliada carioca da Record. Por conta da pandemia, ele passa longe das praias e retorna para casa imediatamente após o compromisso.

Entre idas e vindas, ele chega a percorrer 1.300 quilômetros em cada trecho para escapar do vírus transmissor de Covid-19. "Evito os aeroportos para manter o menor contato possível com as pessoas, diminuindo o risco de contágio. Pego a estrada por pura necessidade", pontua ele ao Notícias da TV.

Apesar de ter muitos amigos na capital fluminense, ele segue à risca a regra do distanciamento social para não ficar doente nem ser vetor do vírus. "Não é momento para a gente circular por aí, é hora de ficar quieto e se prevenir. Assim, a gente também protege o máximo de pessoas possível", alerta.

O intérprete, inclusive, se diverte com as brincadeiras na internet em torno do seu esporte favorito. A comunidade O Eterno Verão que É a Vida de Eri Johnson migrou do extinto Orkut para o Facebook, contando com cerca de 30 mil curtidas. A página faz troça com diversas fotos do comediante na praia, principalmente aquelas em que ele está com a bola nos pés.

"Sou a cara do Rio de Janeiro, sou carioca, sou feliz. Agora, futevôlei também tem lá em Goiânia, além de muito trabalho", conta o humorista, que se mudou para o interior do Brasil para apresentar um programa de rádio.

Rumo ao interior

Afastado das novelas desde o fim de Topíssima (2019), o artista continua na televisão ao apresentar os resultados da Loteria do Estado do Rio de Janeiro ao lado da atriz Alinne Prado. Além de comandar o Loterj de Prêmios todos os domingos, ele também entra ao vivo na Positiva FM com o programa Mistura Geral.

A atração é transmitida para a capital goiana diretamente de uma casa de shows todas as quartas-feira. "É uma coisa bacana, que eu nunca tinha feito. Me motiva muito estar ali interagindo com as pessoas da plateia", considera.

Apesar de já trabalhar com uma equipe reduzida na Record Rio, ele não descarta o medo de também parar com o programa de rádio por conta da epidemia. "Sempre me cuidei, tenho uma boa alimentação. Lavo muito as mãos e fico quieto o máximo que posso. Só posso sossegar de vez se os programas saírem do ar. Aí vou ter de ficar em casa", revela o artista.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook