Análise

Com ex-GoT e velhinhos, Netflix surpreende com duas zebras no Globo de Ouro

Divulgação/NBC

Richard Madden com o troféu de melhor ator dramático do Globo de Ouro de 2019, ganho por Bodyguard - Divulgação/NBC

Richard Madden com o troféu de melhor ator dramático do Globo de Ouro de 2019, ganho por Bodyguard

JOÃO DA PAZ - Publicado em 07/01/2019, às 05h41

O Globo de Ouro de 2019 foi imprevisível nas categorias de TV. Zebras passearam pelo palco da premiação hollywoodiana, realizada na noite de ontem (6), e duas delas tiveram o selo da Netflix. Richard Madden, ex-Game of Thrones, levou o troféu de melhor ator dramático por Bodyguard. E The Kominsky Method superou a favorita The Marvelous Mrs. Maisel como melhor comédia.

Madden, o Robb Stark da série fantasiosa da HBO, derrotou o favorito Matthew Rhys (The Americans), que estava na frente nas bolsas de apostas pela última temporada do drama de espionagem. Seria uma vitória pelo conjunto da obra. Mas ele acabou perdendo para o ator escocês, em sua primeira indicação da carreira, interpretando o ex-veterano de guerra e segurança David Budd, em Bodyguard.

Essa é a segunda vitória da Netflix na categoria melhor ator em série dramática. Kevin Spacey levou em 2015, pelo papel de Frank Underwood, em House of Cards (2012-2018).

Porém, a maior zebra da noite veio na disputa de melhor comédia. Não que The Kominsky Method não merecesse, afinal a primeira temporada foi engraçadíssima e excelente. Porém Maisel concorreu com uma segunda temporada tão boa quanto a primeira, que lhe rendeu um Globo de Ouro e um Emmy.

Kominsky Method ficou com o troféu, o primeiro de Chuck Lorre no Globo de Ouro em 23 anos. O criador de The Big Ban Theory e Two and a Half Men (2003-2015) venceu como melhor comédia em 1996, por Cybill (1995-1998).

O veterano Michael Douglas, um dos protagonistas de Kominsky Method, ganhou como melhor ator, superando o favorito Jim Carrey, por Kidding.

Junto com American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace, The Kominsky Method foi a série com mais prêmios no Globo de Ouro deste ano. Cada uma ficou com dois troféus. ACS: Versace abocanhou melhor minissérie ou telefilme e melhor ator (Darren Criss).

A Netflix e o FX, que exibe nos Estados Unidos ACS: Versace), ficaram no topo das maiores vencedoras nas categorias de TV, cada uma com três vitórias. The Americans, também do FX nos EUA, deu um chapéu nas novatas Homecoming (Amazon) e Killing Eve (Globoplay) e levou como melhor drama.

Favoritos
Algumas categorias não tinham espaço para zebras, e quem entrou na cerimônia como favorito, venceu. Foram os casos de Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel), como melhor atriz de comédia, e Patricia Clarkson (Sharp Objects), como melhor atriz coadjuvante.

Duas brigas estavam entre duas fortes candidatas e não houve surpresas. Sandra Oh (Killing Eve) deixou para trás Julia Roberts (Homecoming) na categoria melhor atriz dramática. E Patricia Arquette (Escape at Dannemora) bateu Amy Adams (Sharp Objects) na disputa de melhor atriz de minissérie.

Confira os vencedores, em negrito, do Globo de Ouro de 2019 nas categorias de TV:

Melhor série dramática
Homecoming (Amazon)
Killing Eve (Globoplay)
Pose (Fox Premium)
The Americans (Fox Premium)
Bodyguard (Netflix)

Melhor série de comédia ou musical
The Kominsky Method (Netflix)
The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)
Barry (HBO)
The Good Place (Netflix)
Kidding

Melhor minissérie ou filme feito para TV
Sharp Objects (HBO)
American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace (FX)
The Alienist (Netflix)
Escape at Dannemora 
A Very English Scandal

Melhor atriz de série dramática
Julia Roberts (Homecoming)
Caitriona Balfe (Outlander)
Sandra Oh (Killing Eve)
Keri Russel (The Americans)
Elisabeth Moss (The Handmaid's Tale)

Melhor ator de série dramática
Billy Porter (Pose)
Matthew Rhys (The Americans)
Jason Bateman (Ozark)
Richard Madden (Bodyguard)
Stephan James (Homecoming)

Melhor atriz de série de comédia ou musical
Alison Brie (Glow)
Kristen Bell (The Good Place)
Debra Messing (Will & Grace)
Candice Bergen (Murphy Brown)
Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)

Melhor ator de série de comédia ou musical
Michael Douglas (The Kominsky Method)
Bill Hader (Barry)
Donald Glover (Atlanta)
Jim Carrey (Kidding)
Sacha Baron Cohen (Who Is America?)

Melhor ator de minissérie ou filme feito para TV
Hugh Grant (A Very English Scandal)
Benedict Cumberbatch (Patrick Melrose)
Darren Criss (American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace)
Antonio Banderas (Genius)
Daniel Brühl (The Alienist)

Melhor atriz de minissérie ou filme feito para TV
Laura Dern (The Tale)
Regina King (Seven Seconds)
Patricia Arquette (Escape at Dannemora)
Amy Adams (Sharp Objects)
Connie Britton (Dirty John)

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie, ou filme para TV
Alex Borstein (The Marvelous Mrs. Maisel)
Patricia Clarkson (Sharp Objects)
Penélope Cruz (American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace)
Thandie Newton (Westworld)
Yvonne Strahovski (The Handmaid's Tale)

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV
Alan Arkin (The Kominsky Method)
Édgar Ramírez (American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace)
Henry Winkler (Barry)
Ben Whishaw (A Very English Scandal)
Kieran Culkin (Succession)

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook