DISCUSSÕES PÚBLICAS

De Simony a Safadão: Brigas por pensão alimentícia que deram o que falar

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Os cantores Simony e Wesley Safadão se envolveram em brigas midiáticas pela pensão de seus filhos - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Os cantores Simony e Wesley Safadão se envolveram em brigas midiáticas pela pensão de seus filhos

REDAÇÃO - Publicado em 06/01/2019, às 21h02

Simony trouxe à tona uma briga com o jogador de futebol Diego Souza, pai da sua filha de 12 anos, pelo valor da pensão alimentícia paga pelo atleta: R$ 300. De acordo com a artista, a quantia está aquém do que ele tem condições de pagar. O pai de Pyetra contesta a cantora e explica que cumpre o acordo determinado pela Justiça.Mas a ex-Balão Mágico não é a primeira famosa a expor essa questão: discussões públicas pelo pagamento de pensão viraram rotina no meio artístico.

No ano passado, Wesley Safadão e sua ex-mulher, Mileide Mihaile, foram notícia pelo desentendimento no valor determinado que o cantor teria que pagar mensalmente para o filho Yhudy, de 7 anos.

Na briga entre Simony e o Diego Souza, ele alega que a cifra é compatível ao seu atual salário de R$ 1.000, pago pelo clube Taboão da Serra, de São Paulo. Em fim de carreira como atleta, Souza afirma que chegou a arcar, durante cerca de cinco anos, com uma pensão de R$ 6 mil por mês enquanto atuava no Japão, até 2016. 

De volta ao Brasil, foi jogar pelo Volta Redonda, no Rio de Janeiro, e a quantia foi reduzida para R$ 1.250. Descontente, Simony pediu para o valor ser revisto pela Justiça, que, a contragosto da cantora, abaixou a quantia para R$ 300 mensais. 

A cantora critica o jogador por morar, de acordo com ela, em uma mansão, além de pagar escola particular para os três filhos frutos do atual casamento. Segundo Diego Souza, ele conta com a ajuda financeira de seu pai e do sogro para se manter.

"A Simony está achando que eu sou o Neymar. Eu não sou o Neymar. Minha casa não é uma mansão. É uma casa boa, que tem piscina, um espacinho gourmet, que eu comprei quando tinha condições e pagava os R$ 6 mil de pensão. Faz uns 10 anos, não comprei a minha casa ontem. Mas não é ostentação, não é da minha índole ostentar, eu fui criado na dificuldade. E eu nunca ganhei milhões", afirmou o jogador do Taboão da Serra em entrevista ao UOL Esporte

Relembre outros casos emblemáticos de brigas por pensão alimentícia: 

rEPRODUÇÃO/tv GLOBO

Sucesso nos palcos, Wesley Safadão viveu dias conturbardos por ajuste em valor de pensão

Wesley Safadão
Em julho de 2018, a 12ª Vara de Família do Ceará determinou que o valor pago por Safadão para o filho Yhudi, de 7 anos, passaria de 10 para 40 salários mínimos. De acordo com a assessoria do artista, a quantia já era paga desde 2015, o que aconteceu foi apenas a homologação judicial.

Antes do acordo com o valor aumentado, porém, Mileide Mihaile acusou Safadão de descontar a mensalidade da escola do filho sobre os 10 salários. "Quando ele desconta R$ 2.600, fica R$ 6.400. Não paga nem meu supermercado! Sei que muitas famílias vivem com um salário mínimo. Mas faço de tudo para manter o padrão a que meu filho está acostumado. Ele vê um mundo diferente na casa do pai", disse ela em entrevista à revista Quem em junho de 2018. 

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Latino é pai de nove filhos e alvo de dois processos por pagamento de pensão alimentícia 

Latino
Pai de nove filhos com nove mulheres diferentes, Latino é alvo de dois processos por pensão alimentícia que correm em segredo de Justiça. Um é movido por Glaucia Deneno, com quem concebeu Valentina, de 6 anos; o outro pela modelo Jaqueline Blandy, mãe de Matheus, de 7 anos.

"Dos nove filhos que eu tenho, apenas duas [mães] querem viver de pensão. As outras trabalham e aceitam as minhas condições. Essas duas aí querem viver da minha pensão, em vez de pensar em ganhar dinheiro, trabalhar... É complicado ficar julgando, né?", disse o cantor em entrevista ao UOL em dezembro.

Para a filha Suzanna, fruto do relacionamento com a cantora Kelly Key, Latino paga apenas um salário mínimo. De acordo com o artista, o valor foi decidido após ele abrir mão de um processo em que reivindicava os direitos como empresário no início da carreira da dona do refrão Baba Baby. 

reprodução/instagram

O ator Dado Dolabella ficou dois meses preso em 2018, com R$ 196 mil de dívida de pensão

Dado Dolabella
Entre fevereiro e abril do ano passado, o ator ficou preso em um Distrito Policial de São Paulo. Dado tinha uma dívida de R$ 196 mil pelo não pagamento da pensão alimentícia de Eduardo, fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos.

Na ocasião, o ator declarou que o valor havia sido calculado em cima de um salário que ele não ganhava mais e que deveria ser revisto. Em outro processo, ele é acusado de insulto à ex-mulher, Viviane Sarahyba.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Ex-peão de A Fazenda, Marcos Oliver acumulou nove meses sem pagar pensão e foi preso

Marcos Oliver
O ex-Teste de Fidelidade ficou preso durante 30 dias em 2014 por acumular nove meses sem pagar a pensão de R$ 1,5 mil mensais da filha, que na época tinha 12 anos de idade. Terceiro colocado em A Fazenda 6, Marcos Oliver chegou a trabalhar como manequim de lojas em 2016, vestido com as roupas na entrada do estabelecimento, para conseguir arcar com o acordo. Hoje, ele está fora da TV, sem emprego em outros setores da economia, e pede R$ 1.000 para dar entrevistas. 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que castigo Isabel merece no final de Espelho da Vida?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook