Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SEGUNDA TEMPORADA

A Casa das Flores: Comédia mexicana da Netflix tira sarro de Xuxa e de Osho

FOTOS: REPRODUÇÃO/NETFLIX

Julián, Paulina e Elena visitam a transexual Yuri em cena de A Casa das Flores

Julián, Paulina e Elena visitam a transexual Yuri na segunda temporada de A Casa das Flores

GABRIEL PERLINE

Publicado em 28/10/2019 - 5h06

[Alerta: este texto contém spoilers]

A segunda temporada da comédia dramática mexicana A Casa das Flores estreou na Netflix com um texto ainda mais provocativo e repleto de indiretas. Alguns dos alvos das ironias foram a apresentadora Xuxa Meneghel, que fez sucesso no México nos anos 1990, e o guru indiano Rajneesh Chandra Mohan Jain (1931-1990), conhecido como Osho.

Xuxa não aparece fisicamente e tampouco é citada na série, mas seu hit de maior repercussão na América Latina, Ilariê, é pano de fundo para uma cena inusitada. Embora tenha feito sucesso com as crianças, ela foi alvo de críticas e piadas sexistas por parte do público latino na época por conta dos figurinos ousados que usava em seus programas e do ensaio nu que fez para a Playboy, em 1982.

Os irmãos Paulina (Cecilia Suárez), Elena (Aislinn Derbez) e Julián (Dario Yazbek Bernal) tentam reerguer seu império após a morte da matriarca Virgínia (Verónica Castro) e iniciam uma saga para recuperar as duas empresas que garantiam o luxo da família: uma floricultura e um bordel, ambos chamados de A Casa das Flores.

Como a loja de flores foi parar nas mãos da família rival, os Corcuera, eles iniciam a empreitada a partir do bordel. Depois de recuperarem a casa, os irmãos saem em busca das antigas transexuais e drag queens que faziam seus shows de dublagem, implorando para que voltem a trabalhar no local.

Ernesto de la Mora entra para uma seita religiosa na segunda temporada de A Casa das Flores

No terceiro episódio, eles chegam à casa de Yuri (Katia Balmori). Assim que a transexual aparece na cena, Ilariê entra na trilha sonora. "Por isso quisemos vir juntos. Para você ver que a Casa das Flores voltará a ser um negócio familiar, porque para nós a família é o mais importante", explica Paulina.

Yuri, que é mãe de dois garotos bastante agitados, aceita o convite sob a condição de poder ser a dubladora oficial de Beyoncé. "E eu penso o mesmo. Por isso que eu quero dedicar mais tempo às minhas duas dádivas", responde a transexual, enquanto a música de Xuxa ecoa pelo ambiente.

Já o líder religioso indiano é referência para uma piada que perdura toda a temporada. No primeiro episódio, Paulina retorna de Madri para se reunir com a família e tratar do testamento de Virgínia, que misteriosamente foi impugnado na Justiça. Ao chegar na mansão de sua família, se assusta ao ver Ernesto (Arturo Ríos), seu pai, todo vestido de azul e com um pingente Illuminati preso ao pescoço.

"De que está disfarçado?", pergunta Paulina. "De Osho", responde Julián, irritando o líder da família. "Vocês é que estão disfarçados", retruca, arrancando risos dos filhos. Em seguida, inicia um discurso espiritualizado, dizendo que encontrou a paz e o equilíbrio após começar a frequentar um grupo religioso.

Assim como aconteceu com o guru indiano, a seita da série é alvo de investigações por práticas ilícitas. Sua líder, Jenny Quetzal (Mariana Treviño), oferece um plano de crescimento a seus súditos mediante pagamentos generosos. Os maiores doadores podem ser beneficiados com o "prêmio" de se tornarem seus maridos --é o que acontece com Ernesto de la Mora. No fim da temporada, ela tenta fugir do México após ser desmascarada e revelada como uma grande charlatã.

A terceira temporada de A Casa das Flores já foi confirmada pela Netflix e estreará em 2020 na plataforma de streaming.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?