Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

No TNT Séries

Brooklyn Nine-Nine retorna com pênis quebrado e caça a criminosos brasileiros

Divulgação/NBC

Andre Braugher, Stephanie Diaz e Melissa Fumero em episódio da sexta temporada de Brooklyn Nine-Nine - Divulgação/NBC

Andre Braugher, Stephanie Diaz e Melissa Fumero em episódio da sexta temporada de Brooklyn Nine-Nine

JOÃO DA PAZ

Publicado em 22/3/2019 - 5h27

Ressuscitada do cancelamento, Brooklyn Nine-Nine volta cheia de vida na sexta temporada, com direito a caso com vítima que teve o pênis quebrado e caça a bandidos brasileiros. A comédia que tira onda dos dramas policiais quadrados e tradicionais chega ao Brasil nesta sexta (22) com uma nova leva de episódios.

Vencedora do Globo de Ouro em 2014, Brooklyn Nine-Nine perdia público a cada temporada, mas sempre teve uma base de fãs fiel, que invadiu as redes sociais para reclamar do cancelamento na Fox. Além disso, fez campanha para que alguma outra rede, canal pago ou serviço de streaming resgatasse a série.

A rival NBC ouviu o clamor e decidiu continuar a comédia, aprovando a sexta temporada. A negociação ficou mais fácil porque o estúdio que fazia a série para a Fox era o Universal Television, empresa do mesmo grupo da NBC.

Boa parte do elenco e dos produtores mudou de casa, mas a série não perdeu o ritmo afiado das temporadas anteriores, com seu humor ácido, rápido e inteligente. O fã irá ver os policiais da fictícia 99ª delegacia nova-iorquina, no bairro do Brooklyn, em casos para lá de inusitados.

Em um episódio que mistura emoção com escracho, os policiais Jake Peralta (Andy Samberg) e Amy Santiago (Melissa Fumero) entram em uma investigação na qual uma mulher quebrou o pênis do chefe após uma tentativa de abuso sexual. A série aproveita para discutir a questão de assédio no ambiente de trabalho.

Com participação especial de Lin-Manuel Miranda (vencedor dos prêmios Tony, Grammy e Emmy), outro capítulo de Brooklyn Nine-Nine caça criminosos brasileiros. Miranda interpreta David, irmão de Amy, que tenta expor uma gangue brasuca, pois eles tentaram incriminá-lo por posse de drogas. Jake também está no caso e não se contém ao disparar várias piadas e zoar com o Brasil.

O único pesar da ótima sexta temporada é a perda da desbocada Gina Linetti (Chelsea Peretti). Presente em quase todos os episódios de Brooklyn Nine-Nine, Chelsea servia como uma das peças mais importantes da comédia. Mas ela optou por sair e tocar novos projetos. Sua personagem ganhou uma despedida digna.

Nos Estados Unidos, Brooklyn Nine-Nine está longe de ser um sucesso de audiência. Com média de 2,62 milhões de telespectadores por episódio, a sexta temporada fica atrás até da animação Bob's Burger. Mas a força dos fãs e o impacto no mercado internacional (ela é bem aceita pelos assinantes da Netflix) fizeram a NBC renovar a comédia para a sétima temporada, já espantando o fantasma do cancelamento.

A série também tem força por sua representatividade, por ser uma trama aberta à diversidade, com um delegado negro gay (vivido por Andre Braugher) e uma policial bissexual latina (interpretada por Stephanie Beatriz).

Brooklyn Nine-Nine será exibida às sextas, as 23h15, no canal TNT Séries. As quatro primeiras temporadas estão na Netflix.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do início do BBB21?