Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ELIZA DUSHKU

Atriz de Buffy recebe R$ 37 milhões após demissão por denunciar assédio

Divulgação/CBS

Eliza Dushku e Michael Weatherly se confrontam em cena da primeira temporada de Bull: denúncia e demissão - Divulgação/CBS

Eliza Dushku e Michael Weatherly se confrontam em cena da primeira temporada de Bull: denúncia e demissão

REDAÇÃO

Publicado em 14/12/2018 - 13h32

A atriz Eliza Dushku, conhecida por interpretar a caçadora Faith na série Buffy, a Caça-Vampiros (1996-2003), recebeu US$ 9,5 milhões (R$ 37 milhões) da rede norte-americana CBS em um acordo extrajudicial. Ela foi demitida do drama Bull após denunciar que teria sofrido assédio do protagonista da atração, Michael Weatherly.

Eliza apareceu em apenas três episódios da série, atualmente em sua terceira temporada, mas tinha fechado um contrato para ser uma personagem recorrente no primeiro ano, com possibilidade de entrar para o elenco fixo na temporada seguinte.

Porém, a efetivação da atriz de 37 anos no drama nunca ocorreu. Segundo a reportagem do New York Times, Michael Weatherly fez comentários inapropriados sobre a aparência de Eliza, além de uma brincadeira sobre estupro e sugeriu que eles tivessem uma relação sexual a três.

A atriz, que já havia sido vítima de assédio sexual quando tinha apenas 12 anos, durante as gravações do filme True Lies (1994), não ficou calada e confrontou o protagonista. Pouco depois, ela foi tirada da série, sem nenhuma explicação da CBS ou dos produtores.

Eliza e a rede assinaram um acordo confidencial, no qual ela foi paga a quantia que teria recebido caso tivesse atuado em todos os episódios de quatro temporadas de Bull. O contrato só veio à tona porque a própria CBS chamou uma consultoria para investigar denúncias de assédio dentro da emissora, após o então presidente Les Moonves ser acusado --o executivo pediu para deixar o cargo pouco depois.

Em contato com a reportagem do New York Times, a rede confirmou que pagou a quantia à atriz. "As denúncias da srta. Dushku são um exemplo de que, embora tenhamos assumido o compromisso de construir um ambiente de trabalho seguro, inclusivo e respeitoso, nosso trabalho ainda está longe de acabar", disse a CBS.

Já Michael Weatherly alegou ter pedido desculpas para a atriz pelo ocorrido. "Durante as gravações da série, eu fiz algumas piadas tirando sarro das falas no roteiro. Quando a Eliza me disse que não se sentia confortável com a minha forma de me expressar e minha tentativa de comédia, eu fiquei horrorizado com a possibilidade de tê-la ofendido e pedi desculpas imediatamente", disse o ator.

"Depois de refletir ainda mais sobre o assunto, eu passei a entender que o que eu disse não era engraçado ou apropriado. Por isso, peço desculpas e me arrependo da dor que causei em Eliza."

Nos Estados Unidos, a terceira temporada de Bull acumula média de 6,8 milhões de espectadores por episódio. No Brasil, a série é exibida pelo canal pago A&E.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você acompanhará após o fim do BBB21?