Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LEA MICHELE

Atacada por sumiço de Naya Rivera, protagonista de Glee deleta Twitter

Divulgação/Fox

Lea Michele e Naya Rivera têm expressões contrariadas em cena da série Glee

Lea Michele e Naya Rivera em cena da série Glee (2009-2015): fãs passaram a atacar protagonista

REDAÇÃO

Publicado em 12/7/2020 - 19h02

A atriz Lea Michele, que interpretou Rachel Berry na série Glee (2009-2015), apagou sua conta no Twitter neste domingo (12). Ela vinha sido atacada desde o sumiço de Naya Rivera, a Santana Lopez da comédia musical. Alguns seguidores acusaram Lea de ser a culpada pelo desaparecimento; outros disseram que seria melhor se ela tivesse se afogado no lugar de Naya.

Prestes a dar à luz seu primeiro filho, Lea, de 33 anos, preferiu desativar seu perfil na rede social a continuar lidando com os haters. Ela também estava sendo criticada por não ter se pronunciado sobre o desaparecimento de Naya até o momento --as duas, apesar de terem trabalhado juntas durante seis temporadas, nunca foram amigas e, na autobiografia da intéprete de Santana, ela atacou a colega de elenco.

Naya Rivera desapareceu na tarde de quarta-feira (8) no lago Piru, na Califórnia, durante um passeio de barco com o filho de quatro anos, Josey. As equipes de busca consideram sua missão a de recuperar um corpo, e não acreditam que a atriz esteja viva. Há também a possibilidade de que Naya nunca seja encontrada --a visibilidade dentro do lago é muito baixa, e os sonares usados não detectaram nada até agora.

Ao contrário de Lea Michele, outros atores de Glee têm feito campanha para que Naya seja encontrada. Heather Morris, que viveu Brittany, quer conduzir uma missão de resgate da atriz que foi seu par romântico na série. A atriz entrou em contato com a polícia de Ventura pedindo autorização para ela e amigos também ajudarem na procura pela desaparecida. A cantora Demi Lovato pediu orações para a amiga.

Lea foi atacada por suposto racismo

O sumiço de Naya Rivera não foi o único ataque que Lea Michele sofreu neste ano. Há pouco mais de um mês, ela foi criticada e chamada de racista depois que outra atriz de Glee, Samantha Ware, alegou que ela transformou sua experiência na série em um inferno.

A polêmica começou quando Lea fez um tuíte sobre a morte de George Floyd, sufocado na rua até a morte por um policial branco. "George Floyd não merecia isso. Este não foi um incidente isolado e deve terminar", escreveu ela. A atriz ainda usou a hashtag #BlackLivesMatter (Vidas Negras Importam, em português).

Samantha compartilhou a postagem de Lea a acusando de ser racista nos bastidores da série musical. "Acho que você disse para todo mundo que, se tivesse a oportunidade, 'cagaria na minha peruca!', entre outras microagressões traumáticas que me fizeram questionar uma carreira em Hollywood", escreveu ela.

Outros atores de Glee , como Alex Newell (Unique), Amber Riley (Mercedes) e Billy Lewis Jr. (Mason) também se posicionaram a favor de Samantha, e Melissa Benoist (Marley), atualmente estrela de Supergirl, curtiu a postagem com a denúncia.

Depois de perder seu contrato publicitário com uma empresa de marmitas saudáveis, Lea decidiu se posicionar em seu Instagram. "Embora eu não me lembre de ter dito essas coisas e nunca tenha julgado outros por seu histórico ou cor de pele, isso não importa, o que importa é que eu agi de maneiras que machucou outras pessoas", escreveu.

Os comentários na postagem não foram nada compreensíveis. "Você teve anos para se desculpar por seu comportamento. Só fez agora porque foi pega. Você não está arrependida, não se sente mal, só precisa ser querida pelo público", criticou uma fã.

"Eu vi o que você fez! Jogou a culpa não pessoas que você abusou racialmente por terem visto o que você fazia. Ou seja, a culpa não foi o seu comportamento chocante diante de minorias, mas da perspectiva deles!", alfinetou outro seguidor. "Você está colocando sua gravidez no meio para se sair melhor? Hahaha", disse outra.

"Isso nem é um pedido de desculpas! Você está culpando as vítimas pela maneira como você agiu? Vergonhoso", detonou um usuário, que anunciou ter parado de seguir a estrela depois da polêmica. "O fato de você não se lembrar de ter feito isso significa que era uma rotina na sua vida. Cresça!", escreveu mais um.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?