Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DECEPÇÃO

Sem conteúdo, cancelados e influencers deixam a desejar em reality shows

REPRODUÇÃO/RECORD

Montagem com imagens de Sthefane Matos (à esq.) e Gui Araujo em A Fazenda 13

Sthefane Matos e Gui Araujo em A Fazenda 13; influenciadores deixaram a desejar no reality show

PAOLA ZANON

paola@noticiasdatv.com

Publicado em 3/1/2022 - 6h20

Os reality shows de 2021 mostraram que ter influenciadores digitais confinados não é sinônimo de conteúdo de qualidade, principalmente se eles estiverem vindo de um cancelamento. As câmeras do dia a dia sem roteiro mostraram tudo o que as redes sociais esconderam durante muito tempo.

A primeira coisa que fica clara é que dar bom-dia para os seguidores nos Stories do Instagram não quer dizer que a pessoa tem carisma. Marina Ferrari, por exemplo, mostrou em A Fazenda 13 que além de não gerar conteúdo por conta própria, também não é digna de todas as suas amizades --de alguma maneira, ela ainda conseguiu chegar à final e acabou na quarta posição.

Já Gui Araujo deixou claro que, se algum dia pediu desculpa por qualquer tipo de comportamento que tenha gerado seus cancelamentos, foi só da boca para fora. No reality rural, o influenciador provou que sua soberba é grande o suficiente para que ele pense que está sempre certo.

Sthefane Matos também decepcionou seus quase 9 milhões de seguidores do Instagram ao não mostrar nenhum carisma dentro do programa da Record. A influenciadora que ficou famosa por suas dancinhas e por expor uma traição que havia descoberto foi quem acabou dançando ao trair seu então noivo, Victor Igoh, com Dynho Alves.

O BBB21 também não escapou da enganação das redes sociais. Camilla de Lucas, que ficou famosa durante a pandemia da Covid-19 por seus vídeos cômicos no TikTok, mostrou um lado mais sério no confinamento e foi considerada planta. Apesar disso, ela conseguiu ser a vice-campeã do programa e conquistar ainda mais seguidores --e um contrato com a Globo.

Cancelados

Não é novidade para as emissoras que os famosos cancelados procuram vagas em realities na tentativa de limpar sua imagem. Deu certo para Biel no ano passado, mas a estratégia não funcionou nem um pouco com Nego Di e Nego do Borel.

O humorista tinha lá seu nicho de fãs, mas geralmente era cancelado por piadas machistas, homofóbicas e até racistas. Já o funkeiro, acusado de agressão física por Duda Reis, deixou A Fazenda 13 com uma suspeita de estupro contra Dayane Mello e mais uma investigação policial em sua lista.

Que os casos negativos sirvam para os integrantes do Camarote do BBB22 como exemplos de tudo o que eles não devem fazer no confinamento. O público e a sede por entretenimento agradecem.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.