Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Análise | Teledramaturgia

Totalmente Demais mistura conto de fadas, Malhação e O Diabo Veste Prada

Renato Rocha Miranda/TV Globo

Juliana Paes em Totalmente Demais; ela faz uma versão sexy de personagem de Meryl Streep  - Renato Rocha Miranda/TV Globo

Juliana Paes em Totalmente Demais; ela faz uma versão sexy de personagem de Meryl Streep

RAPHAEL SCIRE

Publicado em 14/11/2015 - 6h34

Totalmente Demais, a estreia das sete da Globo, demorou três dias para empolgar. Depois de um primeiro capítulo correto, focado na apresentação dos protagonistas, e de um segundo que abriu as histórias coadjuvantes, só foi mesmo no terceiro que a novela engrenou, com a chegada da mocinha Eliza (Marina Ruy Barbosa) ao Rio de Janeiro, seu encontro com Jonatas (Felipe Simas) e a intensificação de seu drama.

Eliza é uma garota pobre, maltrapilha e que fugiu do padrasto que a assediava sexualmente. No Rio de Janeiro, se meteu em confusão e acabou morando nas ruas. Mais adiante, um golpe de folhetim a tornará uma modelo de sucesso.  

Não é de hoje que o mundo da moda rende histórias em novelas. Com Totalmente Demais, ele volta a dar as caras, e o folhetim traz uma pitada de O Diabo Veste Prada (2005) à brasileira. Isso porque parte da trama se passa em uma revista do gênero, a Totalmente Demais, comandada por Carolina (Juliana Paes), uma espécie de Miranda Priestly (Meryl Streep) boazuda.

A revista não é um estouro e nem chega a ser uma das mais importantes, mas a ambição de Carolina é fazer de seu trabalho um sucesso. Para isso, não mede esforços para conseguir fechar parceria com uma marca de cosméticos, cujo dono é Germano (Humberto Martins), um garanhão de meia idade casado com Lili (Vivianne Pasmanter), e que vive dando em cima da editora.

Para emplacar sua revista, Carolina conta com a ajuda de Arthur (Fabio Assunção), dono de uma agência de modelos que no passado teve um caso com ela. A relação dos dois ainda é mal resolvida e eles vivem apostando quem pode mais. Eliza será a pedra no sapato de Carolina quando for (re)descoberta por Arthur _os dois tiveram um encontro rápido no primeiro capítulo_ e se tornar a garota Totalmente Demais.

Com a experiência acumulada no cinema com filmes adolescentes e também com a última temporada de Malhação, os autores Rosane Svartman e Paulo Halm trazem para o horário das sete uma narrativa em que o jovem está no centro _lá está a cantora Anitta a embalar a abertura com a releitura de um clássico dos anos 1980.

Rosane e Halm também repetem um tipo de casal que deu certo na temporada de Malhação que escreveram, encerrada em agosto: a garota marrenta (Eliza) e o jovem (Jonatas) que, apesar dos foras, não deixa de correr atrás dela. Eles lembram muito Pedro (Rafael Vitti) e Karina (Isabella Santoni) de Malhação.

A primeira semana de Totalmente Demais foi suficiente para que os autores apresentassem a história que pretendem contar. Com ritmo e leveza, apesar do começo truncado, os personagens foram introduzidos e, pelo menos até agora, a novela não sofre com didatismos. As lindas paisagens australianas, contudo, serviram mais como deslumbre cênico de início de novela do que como desenrolar da história, que poderia se passar em qualquer praia carioca.

Juliana Paes ainda está contida em cena, mas se os autores optarem por apostar em seu lado cômico, sua personagem pode crescer ainda mais. Vilania e leveza no horário das sete sempre funcionam e as cenas de Carolina com a irmã folgada Dorinha (Samantha Schmütz) foram hilárias.

Aliás, o humor está bem defendido. Ainda no núcleo de Dorinha, Zé Pedro (Helio de La Peña) é um dos destaques. Airton Graça é outro que promete tirar a madame do sério como o motorista Florisval, meio malandro, meio sedutor. Marat Descartes (Pietro) encarna o gay da vez, mas o ator soube dosar a caricatura. Chama a atenção, ainda, o carisma de Julianne Trevisol (Lu), atriz pouco explorada na Globo.

A principal característica da novela é sua jovialidadem e justamente por isso tem potencial para crescer. Ainda que o enredo não seja totalmente novo, um conto de fadas reatualizado, é a maneira de narrá-lo que vai cativar o público e fazer da novela uma história totalmente demais.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Web Stories

+
De série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrenta

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou da saída antecipada de Faustão da Globo?