Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

REPETECO BÍBLICO

Record recicla história de José em Gênesis e vira personagens do avesso

DIVULGAÇÃO E REPRODUÇÃO/RECORD

Montagem dos atores Juliano Laham e Ângelo Paes Leme

Juliano Laham como José em Gênesis e Ângelo Paes Leme como o personagem em José do Egito

GUILHERME MACHADO

guilherme@noticiasdatv.com

Publicado em 23/8/2021 - 6h30

A partir de 30 de agosto, a Record começa a exibir a última fase de Gênesis, que será focada no personagem José (Juliano Laham). A emissora vem anunciando com muita pompa os episódios derradeiros do folhetim, mas essa não é a primeira vez que ela conta essa história. Em 2013, foi produzida José do Egito, que tratava da mesma passagem bíblica.

A narrativa principal continua a mesma: José é um dos 13 filhos de Jacó. O jovem sofre com a inveja dos irmãos, que o vendem como escravo. Ele é levado para o Egito, onde é humilhado, até o dia em que passa a interpretar sonhos, um dom que ajuda a proteger as terras locais e o faz ascender socialmente.

Ao mesmo tempo, muitos atores que atuaram em José do Egito também passaram por Gênesis. Ricky Tavares, Angelo Paes Leme, Camila Rodrigues e Andréa Avancini são alguns dos nomes que estiveram nas duas produções.

A minissérie, escrita por Vivian de Oliveira, responsável pelo fenômeno Os Dez Mandamentos (2015), foi reprisada três vezes pela Record, com a última exibição em 2018. Ela também está disponível na íntegra no PlayPlus.

blad meneghel/record

Thaís Melchior é Raquel em Gênesis

Do avesso

É curioso que a Record exiba uma história que já havia explorado há tão pouco tempo. Em contrapartida, a lembrança recente deixa evidentes algumas das diferenças que a emissora está buscando nessa nova versão.

A dinâmica das personagens Raquel e Lia é a mais expressiva. Em José do Egito, as irmãs foram vividas por Mylla Christie e Denise Del Vecchio, respectivamente. Naquela adaptação, Raquel era bondosa e completamente apaixonada por Jacó (Celso Frateschi). Já Lia era ríspida e amargurada pelo fato de ter sido preterida.

Agora, em Gênesis, ocorre justamente o contrário: Raquel (Thaís Melchior) é uma pessoa rancorosa e cruel, enquanto Lia (Michelle Batista), apesar de ressentida pela falta de atenção que recebe do marido, é doce e compreensiva.

A mudança, inclusive, tem sido alvo de constantes críticas dos fãs, que não se conformam com a maneira com que Raquel é retratada na trama. Espectadores reclamam da atitudes da personagem, que muitas vezes é maldosa com Jacó (Miguel Coelho).

Outra alteração ocorre na relação entre Bila e Rúben. Na minissérie, Bila (Carla Cabral) resistia às investidas de Rúben (Guilherme Winter). Agora, é a concubina (Allana Lopes/Patrícia França) que faz de tudo para seduzir o filho primogênito de Jacó. 

Talvez a emissora realize outras mudanças na trama. Resta ver se elas serão bem recebidas ou se irritarão o público da mesma forma que a troca de personalidades de Raquel.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Gênesis e outras novelas.


Últimas de Gênesis


Resumos Semanais

Resumo da novela Gênesis: Capítulo de 22 de novembro

Segunda, 22/11 (Capítulo 220) 
Lúcifer é impedido de invadir festa de Israel. Herit anuncia gravidez a Shereder. Judá se redime por ter vendido José. Asenate chora de felicidade ao lado do governador-geral do Egito. Deus surge em discurso final. Abumani surpreende ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Teste de fidelidade? A Fazenda 13 coloca relacionamento de peões em xequeTraída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas