Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LANTERNINHA

Por que Malhação vai ser a última novela a voltar com capítulos inéditos na Globo?

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Isabela Santoni, a Karina de Malhação, usa uma camisa preta e olha desconfiada para alguém. Ela usa um cabelo curto

Isabela Santoni, a Karina de Malhação Sonhos (2014), em reprise neste momento na Globo

GABRIEL VAQUER e DANIELE AMORIM

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 9/7/2021 - 6h40

No ar desde 1995, Malhação ainda deve ficar mais um bom tempo sem temporadas inéditas na Globo. A emissora já produz tramas para a faixa das seis, sete e nove. Porém, o folhetim juvenil não volta tão cedo por questões estratégicas. Se a situação da Covid-19 melhorar como é esperado, a novelinha estará de volta em 2022 --mas ainda sem uma previsão exata.

A última temporada inédita de Malhação foi Toda Forma de Amar, produzida entre 2019 e 2020. Sua temporada foi encerrada às pressas em março de 2020, por causa do início da pandemia de covid-19. Os protagonistas Alanis Guillen e Pedro Novaes gravaram um final improvisado, que narrava o final da história ao público.

Desde então, já foram ao ar duas reprises. A primeira foi Viva a Diferença (2017). A segunda, ainda em cartaz, é Sonhos (2014). Uma terceira reprise ainda é descartada. Pela duração da temporada de Karina (Isabella Santoni) e Pedro (Rafael Vitti), a Globo acredita que já será possível produzir algo inédito até lá. 

Para o Notícias da TV, a Globo explicou algumas razões para a decisão de Malhação ser a última na fila da retomada. Entre elas, está a científica: por ter atores bem jovens, quase todos revelações na televisão brasileira, o elenco vai demorar bem mais para ser vacinado do que outras faixas etárias.

"Por contar sempre com elenco mais jovem, Malhação tem os atores e atrizes que serão os últimos a serem vacinados contra a Covid", justificou a emissora. Outro ponto importante é o tamanho da produção e sua extensão. "Cada temporada de Malhação também tem um número muito grande de capítulos, quase o dobro de uma novela das 18h, por exemplo. Tudo isso tem impacto no planejamento", pontuou a Globo.

A coluna apurou que existe uma questão comercial também. As novelas do horário nobre são produtos vitais para a emissora junto ao mercado publicitário. Malhação tem sua importância, mas ela é bem menor. As reprises seguram um bom faturamento no horário e mantêm uma audiência interessante.

Malhação só volta em 2022

A Globo promete o retorno de uma temporada inédita de Malhação para breve. "Malhação voltará para a grade, com temporada inédita, e uma história surpreendente", concluiu a emissora na nota.

Após a pandemia, a tendência é que a Globo produza Malhação: Transformação, que seria a sucessora de Toda a Forma de Amar em 2020. A trama marcaria a estreia de Priscila Steinman como autora titular. Priscila interpretou a personagem Sofia em Totalmente Demais e também é roteirista.

Por causa do adiamento, o elenco da trama foi dispensado. Ele contava com nomes como Malvino Salvador, Carol Castro, Regiane Alves, Marcello Novaes e Mel Lisboa. Se houver a retomada da produção, os citados serão chamados para viver os papéis inicialmente previstos.


Últimas de Malhação


Resumos Semanais

Resumo da novela Malhação: Capítulos de 17 a 28 de janeiro

Segunda, 17/1 (Capítulo 254)
Gael acredita que Duca esteja traindo Bianca com Nat e rompe com os dois. Bianca acredita em Duca, mas desconfia de Nat. Joaquina não consegue impedir que Nando assine o contrato de Josefina para a venda ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos participantes escolhidos para o BBB22?

Web Stories

+
BBB22: Após frustrar público, Globo anuncia participantes nesta sexta-feiraSunga branca, esponjão e recorde no paredão: 10 momentos para o BBB22 tentar superarSabrina Sato volta à Globo; apresentadora já foi Bailarina do Faustão e esteve no BBBBBB22 promete briga por chuveiro, traz Rafa Kalimann de volta e terá novo quadroQuem é o namorado de Carla Diaz? Felipe Becari defende causa animal e é político

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas