Deus Salve o Rei

Para a Globo, Bruna Marquezine não é uma má atriz: Foi mal dirigida

Artur Meninea/TV Globo

Bruna Marquezine nos bastidores de Deus Salve o Rei: saldo positivo, apesar da atuação 'robótica' - Artur Meninea/TV Globo

Bruna Marquezine nos bastidores de Deus Salve o Rei: saldo positivo, apesar da atuação 'robótica'

DANIEL CASTRO - Publicado em 30/07/2018, às 05h54 - Atualizado em 31/07/2018, às 04h58

Bruna Marquezine foi bombardeada por jornalistas e telespectadores durante toda Deus Salve o Rei, mas encerrou a novela em alta na Globo. As críticas à sua atuação, considerada robótica, não arranharam a imagem da atriz junto à cúpula da emissora. Para os chefes da área artística, ela é boa profissional e tem um grande futuro pela frente.

"Ela foi vítima de uma direção equivocada no início", diz uma fonte do Notícias da TV, que pede para não ser identificada. A culpa pelo robô Catarina é atribuída ao diretor-geral da novela, Fabrício Mamberti. Ele orientou o elenco de Deus Salve o Rei a adotar uma interpretação mais teatral e isso não funcionou na TV.

Mamberti voltou atrás, e no segundo mês de novela impôs a Bruna Marquezine uma linha de interpretação mais natural. Mas já era tarde. O "robô" Catarina, primeira vilã da atriz, já tinha "viralizado".

Com 30 milhões de seguidores no Instagram e namorada de Neymar Júnior, outra megacelebridade, Bruna Marquezine é uma potência. Ultimamente, a Globo tem valorizado artistas populares nas redes sociais, mas Marquezine é mais do que um rosto bonito com milhões de fãs.

Ela é uma boa atriz, conta com muitos recursos dramáticos, avaliam os executivos da emissora. Já é e continuará sendo uma das principais estrelas da casa.

Bruna sai de Deus Salve o Rei tão incólume que já está reservada para a novela das nove que estreará pouco antes da metade do ano que vem, Troia, da estreante Manuela Dias. Sua escalação ainda não está 100% certa, mas, se não acontecer, a atriz não ficará no ócio, será direcionada para outra produção.

Princesa má, capaz de provocar guerras e de tentar matar o próprio pai, Catarina foi o trabalho mais difícil da carreira de Bruna Marquezine, 22 anos, revelada em 2003 como uma menina chorona em Mulheres Apaixonadas. Até então, ela só tinha feito mocinhas.

"Eu tive muitas oportunidades em cena, de criar algo novo. Isso eu vou sentir saudade, desses desafios da Catarina. Foi um dos maiores desafios da minha carreira", afirmou a atriz em texto publicado ontem pelo site oficial de Deus Salve o Rei.

Últimas de Deus Salve o Rei

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook