Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Astro do basquete

Jogador de meio bilhão de reais, LeBron James ergue um império em Hollywood

Reprodução/CNN

O jogador LeBron James durante entrevista para a CNN; sorriso de quem tem dinheiro de sobra na conta - Reprodução/CNN

O jogador LeBron James durante entrevista para a CNN; sorriso de quem tem dinheiro de sobra na conta

JOÃO DA PAZ

Publicado em 30/7/2018 - 5h41

Jogador que é a cara da NBA, a liga de basquete norte-americana, LeBron James está conquistando Hollywood. Neste mês, ele assinou um contrato de quatro anos que vale US$ 153,3 milhões (R$ 573 milhões) com um dos times mais vitoriosos dos Estados Unidos, o Los Angeles Lakers, e vai ficar mais perto do centro da indústria de entretenimento, onde começa a erguer seu império.

Na última quinta (26), LeBron ampliou seu alcance ao cravar uma produção de uma de suas empresas, a Uninterrupted, no canal HBO. Chamada de The Shop, a atração irá estrear nos Estados Unidos no mês que vem. A ideia é juntar celebridades do esporte e de Hollywood para discutirem assuntos diversos de uma forma descontraída, dentro de uma barbearia.

Fundada em 2014, a Uninterruted recebeu um investimento inicial de US$ 15 milhões (R$ 55 milhões) da Warner Bros. e da Turner Sports para produzir documentários, web series e podcasts sobre a vida de atletas.

Estar na HBO é só uma das conquistas de LeBron. Sua outra produtora, a SpringHill Entertainment, também parceira da Warner, está em todos os cantos de Hollywood. Ao lado de Maverick Carter, o jogador assina a produção-executiva e a criação dos mais variados projetos, seja na TV tradicional ou em plataformas online.

Nessa empreitada fora das quadras, LeBron é o produtor-executivo de dezenas de atrações, que vão de game shows a documentários, passando por filmes e séries. Esses programas estão no Facebook Watch (o streaming da rede social), YouTube Premium, Netflix, Starz, Disney XD, NBC e History.

Sabe o The Wall, quadro do Caldeirão do Huck? Pois é, pertence à SpringHill, empresa de LeBron James. Exibida na rede NBC como um game show, The Wall é anunciado com o nome do jogador em destaque, seja para o mercado publicitário ou para o telespectador, como forma de chamar mais a atenção.

Maverick Carter, LeBron James e Jessie Usher nos bastidores da comédia Survivor's Remorse

Dos projetos assinados pelo atleta, um dos mais interessantes está no Facebook Watch. O game show Do or Dare reúne celebridades que pagam os micos mais inusitados por uma boa causa. O vencedor de cada programa recebe US$ 25 mil (R$ 92 mil) para entregar a uma instituição de caridade de sua preferência. Os desafios vão desde enfrentar (e vencer) um lutador de sumô a fazer depilação.

A SpringHill também faz produções mais sérias, como o documentário Rise Up: The Movement that Changed America (History), sobre a luta pelos direitos civis que sacudiu a sociedade americana em meados do século passado.

Filmes e séries
Do lado das produções roteirizadas, LeBron James ataca em todas as frentes. Em 2014, surgiu a comédia Survivor's Remorse (Fox Premium), sobre um jogador de basquete enrolado com os interesses de familiares em sua carreira. A série terminou no ano passado, após quatro temporadas.

Vem aí também uma comédia, mas essa para a HBO, sobre vendedores de uma loja especializada em tênis. O roteiro será feito por Shawn Wines (High Maintenance) e Lemon Andersen (Ela Quer Tudo).

A investida da SpringHill em produções dramáticas foi comprada pela Netflix. A gigante do streaming irá disponibilizar uma minissérie sobre a ativista social Madam C.J. Walker, que entrou para a história como a primeira milionária negra dos Estados Unidos. Ela criou uma linha de produtos para cuidar do cabelo de afrodescendentes.

Enquanto isso, no cinema, o jogador vai financiar e produzir o remake de Uma Festa de Arromba, filme de sucesso nos anos 1990. O roteiro será escrito por Jamal Olori e Stephen Glover, da série Atlanta.

Capa da The Hollywood Reporter com LeBron James

Plano de vida
Filho de uma mãe solteira, que o teve na adolescência, LeBron James passou por enormes dificuldades até conseguir seu primeiro espaço na NBA, em 2003, no time do Cleveland Cavaliers. De lá pra cá, ele se tornou o atleta mais dominante do esporte, a ponto de gerar intensos debates sobre se ele é o melhor jogador da história da NBA, superando Michael Jordan.

Ao completar uma década na NBA, James começou a planejar sua aposentadoria e viu no mundo do entretenimento uma boa oportunidade. Em 2015, ele foi capa da revista The Hollywood Reporter, que o rotulou de "marca mais poderosa do esporte". Na reportagem, ele revelou detalhadamente sua meta de criar um império em Hollywood. A cada ano que passa, esse domínio fora das quadras se concretiza.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você acha das demissões de veteranos da Globo?