Presente do destino

Orgulho e Paixão: Cecília e Rômulo encontram bebê abandonado e realizam sonho

Reprodução/TV Globo

Cecília (Anaju Dorigon) e Rômulo (Marcos Pitombo) adotarão um bebê em Orgulho e Paixão - Reprodução/TV Globo

Cecília (Anaju Dorigon) e Rômulo (Marcos Pitombo) adotarão um bebê em Orgulho e Paixão

REDAÇÃO - Publicado em 28/08/2018, às 08h17

Rômulo (Marcos Pitombo) e Cecília (Anaju Dorigon) realizarão, por fim, o sonho de serem pais. Ao voltarem de um piquenique, o casal escutará um choro de criança. A Benedito avistará uma trouxa na porta da casa dos pais e, nela, encontrará um bebê. O casal, emocionado, acolherá a criança e irá adotá-la em Orgulho e Paixão.

Depois que Lídia (Bruna Griphao) e Jane (Paâela Tomé) anunciaram que estão grávidas, Cecília, que foi a primeira das filhas de Ofélia (Vera Holtz) a se casar, passou a se preocupar com o fato de ainda não estar esperando um bebê.

"Estou feliz por Jane e Lídia, mas... Estamos casados há algum tempo e até agora nada. Quero tanto ter filhos e sei que você também quer, já me disse várias vezes. Será que tem algo de errado comigo? E se eu não puder te dar filhos?", desabafou ela ao marido.

Diante da insistência e da ansiedade da mulher, o personagem de Marcos Pitombo a levou para se consultar com Jonatas (Thiago Justino). As palavras do médico deixaram a personagem de Anaju Dorigon mais tranquila. Ele disse que o fato de sua menstruação ser irregular pode estar dificultando a gravidez.

Estrela cadente
No capítulo de Orgulho e Paixão previsto para ir ao ar em 12 de setembro, no entanto, o casal será surpreendido. Os dois sairão para fazer um piquenique romântico. Depois de transarem sob um céu iluminado, Rômulo verá uma estrela cadente e dirá para Cecília fazer um pedido.

"Você sabe o que eu quero: ter um filho com você. Sempre me acusaram de viver no mundo da fantasia. Mas hoje vou fazer um pedido realista", falará a romântica, fechando os olhos. "Desejo que nosso amor dure pra sempre, mesmo que meu desejo de ser mãe não se realize."

O médico ficará comovido com as palavras da mulher e dirá, inspirado, afagando a barriga dela: "Numa noite como essa, com o amor que há entre nós... Eu sinto que todos os seus desejos vão se realizar. Se é que já não se realizaram".

Durante a caminhada de volta para casa, a morena perguntará ao marido se ele acredita que eles conceberam o tão desejado filho naquela noite e que, caso isso não tenha acontecido, se ele ficará desapontado com ela.

"Cecília, preste atenção: filho é destino! Tê-los ou não independe da minha vontade. Você, não. Você é uma escolha. Escolhi você, porque escolhi ser feliz. E você é, e sempre vai ser, a minha felicidade", responderá, delicado, o médico.

Ao chegarem próximo à residência dos Benedito, o casal escutará um choro de criança. Cecília procurará desesperada de onde está vindo aquele som e encontrará, na porta da casa, uma trouxa com um bebê se esperneando. Os dois vão se emocionar e levarão a criança para dentro.

"Coisa mais linda, Cecília. Será mesmo um presente caído do céu pra nós?", perguntará Rômulo. "Temos que ter cuidado para não nos afeiçoar. Nem ao bebê, nem a essa ideia. Afinal, não sabemos o que há por trás disso", responderá ela, com medo de que os pais verdadeiros voltem para buscar a criança.

"Meu amor, temos que saber receber. A vida está sendo generosa. Eu pressenti algo esta noite, não falei à toa!", dirá o médico, segurando as mãos da mulher.

"Mas se for isso, por que nós? Uma cidade com tantas famílias, por que justo na nossa porta?", questionará, ansiosa, a filha de Felisberto (Tato Gabus).

"Porque sonhamos, pedimos, desejamos, estendemos nossas mãos para um filho. E o destino veio nos entregar. Acha mesmo que temos que duvidar dessa graça?", falará ele, abraçando a morena, que olhará incrédula para o bebê no berço.

Últimas de Orgulho e Paixão

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook