Barraco de época

Cecília se casa com vestido da sogra e Tibúrcio surta no altar: 'Usurpadora'

Reprodução/TV Globo

Cecília (Anaju Dorigon) se casará em Orgulho e Paixão, mas vai se surpreender com o sogro - Reprodução/TV Globo

Cecília (Anaju Dorigon) se casará em Orgulho e Paixão, mas vai se surpreender com o sogro

FELIPE CARVALHO - Publicado em 25/04/2018, às 05h11

O casamento de Cecília (Anaju Dorigon) e Rômulo (Marcos Pitombo) será movimentado: 24 horas antes da troca de alianças, a noiva ainda estará sem o vestido e será obrigada a usar a peça que a sogra, Josephine (Christine Fernandes), vestiu em sua união com o Almirante Tibúrcio (Oscar Magrini). Quando a garota chegar para a cerimônia, o pai do noivo acusará a nora de roubar o figurino e deixará o altar furioso.

Ofélia (Vera Holtz) finalmente realizará seu grande sonho de casar uma de suas filhas no capítulo da próxima terça-feira (1º) de Orgulho e Paixão. A jovem vai se unir ao almofadinha do Vale do Café diante de um altar montado na sala da mansão do noivo, mas o vestido será um transtorno enfrentado.  

No dia em que Elisabeta (Nathalia Dill) disse não ao pedido de casamento com Darcy (Thiago Lacerda), a matriarca ficou muito nervosa e rasgou o vestido de noiva que estava sendo feito para Cecília, o que deixará a garota com pouco tempo para encontrar outro modelo até o seu casamento.

Assim, Ludmila (Laila Zaid) se prontificará a ajudá-la a encontrar um novo vestido, e Fani (Tammy di Calafiori) é quem vai buscar a peça em São Paulo.

No caminho, a governanta dos Tibúrcio vai fazer uma cova no meio da estrada e enterrará o vestido para que Cecília não tenha outra alternativa a não ser usar o único disponível: o mesmo que a sogra vestiu em seu casamento. Ele, por sua vez, já estará previamente amaldiçoado pela governanta.

Quando encontrar a jovem Benedito na véspera do enlace, Fani chegará aos prantos diante de Cecília pedindo perdão por ter perdido o vestido.

"Eu... Eu quis fazer algo bom para a senhorita, minha nova patroa, e o vestido de noiva da senhorita. Assim que chegou, eu achei por bem trazê-lo, afinal o grande dia já é amanhã, mas o Motoqueiro Vermelho me atacou na estrada e roubou a caixa das minhas mãos", mentirá.

Desesperada, mas sem figurino, a filha de Felisberto (Tato Gabus Mendes) se compadecerá com o ocorrido, e Fani dirá que tem uma solução rápida. Ela levará Cecília até a mansão e apresentará o vestido que a sogra usou no casamento com Tibúrcio. Sem alternativa, a garota vai aceitar a proposta de se casar com a peça.

No dia seguinte, ela chegará à cerimônia vestida a caráter ao som da marcha nupcial, mas o sogro, que estará no altar, não se conterá e vai acusá-la de roubo. "Mas o que é isso? Usurpadora! Ladra! Esse vestido é de... Esse vestido é de Josephine", gritará o almirante, em choque.

Ele, então, sairá atordoado do altar sob os olhares dos convidados, e Rômulo dirá que o pai teve uma pequena indisposição e prosseguirá com o casamento sem mais interrupções. Ao finalizar a cerimônia, Cecília irá até o sogro para lhe pedir desculpa, mas vai proteger o nome de Fani para que ela não seja demitida.

"Minha curiosidade me fez entrar no quarto de dona Josephine. Meu desespero era tamanho para conseguir uma roupa com a qual pudesse me casar que, ao ver o vestido de sua mãe, Rômulo, considerei não haver problema. E ainda homenagear a sogra querida que não tive o prazer de conhecer", explicará ela.

Ao entender a situação, Tibúrcio aceitará as desculpas, mas alertará que o quarto de Josephine é um local proibido para qualquer pessoa que more dentro daquela casa e ordenará que a nora não entre mais lá. Os dois se entenderão e a festa continuará.

Últimas de Orgulho e Paixão

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook